Porto Alegre, domingo, 19 de julho de 2020.
Nelson Mandela Day.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
domingo, 19 de julho de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Saúde

- Publicada em 10h34min, 19/07/2020. Alterada em 11h30min, 19/07/2020.

Governo recebe 59 contestações do mapa prévio das bandeiras do distanciamento controlado

Mapa prévio indicou que 90% das regiões estariam em bandeira vermelha, de alto risco na pandemia

Mapa prévio indicou que 90% das regiões estariam em bandeira vermelha, de alto risco na pandemia


REPRODUÇÃO/JC
Prestes a entrar em vigor um novo mapa do distanciamento controlado da pandemia no Rio Grande do Sul, cuja prévia indicou bandeira vermelha em 90% das regiões, o governo gaúcho recebeu 59 pedidos de reconsideração feitos por municípios e associações regionais. Será a 11ª rodada do distanciamento controlado, que entrar em vigor na terça-feira (21). O RS chegou a 1.230 mortes nesse sábado (18).
Prestes a entrar em vigor um novo mapa do distanciamento controlado da pandemia no Rio Grande do Sul, cuja prévia indicou bandeira vermelha em 90% das regiões, o governo gaúcho recebeu 59 pedidos de reconsideração feitos por municípios e associações regionais. Será a 11ª rodada do distanciamento controlado, que entrar em vigor na terça-feira (21). O RS chegou a 1.230 mortes nesse sábado (18).
O prazo de contestação terminou às 6h deste domingo (19). Segundo a assessoria do Palácio Piratini, os dados e as justificativas serão analisadas e, nesta segunda-feira, o Gabinete de Crise divulgará a decisão com o mapa definitivo. 
Foi o maior nível até agora do sistema, que estreou em 10 de maio, de abrangência de bandeiras vermelhas. Dezoito regiões foram "classificadas com risco epidemiológico alto da Covid-19", que é o conceito da cor. Apenas as regiões de Bagé e Pelotas ficaram com bandeira laranja, de risco médio.
Nove regiões apresentaram piora nos indicadores com relação à semana anterior. Cruz Alta, Erechim, Lajeado, Ijuí, Santa Cruz do Sul, Santa Maria, Santa Rosa, Santo Ângelo e Uruguaiana saíram da bandeira laranja para a vermelha, juntando-se a Porto Alegre, Canoas, Cachoeira do Sul, Capão da Canoa, Caxias do Sul, Novo Hamburgo, Palmeira das Missões, Passo Fundo e Taquara, que já estavam com risco alto.
Comentários CORRIGIR TEXTO