Porto Alegre, sexta-feira, 16 de outubro de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
sexta-feira, 16 de outubro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Saúde

- Publicada em 10h34min, 19/07/2020. Atualizada em 11h30min, 19/07/2020.

Governo recebe 59 contestações do mapa prévio das bandeiras do distanciamento controlado

Mapa prévio indicou que 90% das regiões estariam em bandeira vermelha, de alto risco na pandemia

Mapa prévio indicou que 90% das regiões estariam em bandeira vermelha, de alto risco na pandemia


REPRODUÇÃO/JC
Prestes a entrar em vigor um novo mapa do distanciamento controlado da pandemia no Rio Grande do Sul, cuja prévia indicou bandeira vermelha em 90% das regiões, o governo gaúcho recebeu 59 pedidos de reconsideração feitos por municípios e associações regionais. Será a 11ª rodada do distanciamento controlado, que entrar em vigor na terça-feira (21). O RS chegou a 1.230 mortes nesse sábado (18).
Prestes a entrar em vigor um novo mapa do distanciamento controlado da pandemia no Rio Grande do Sul, cuja prévia indicou bandeira vermelha em 90% das regiões, o governo gaúcho recebeu 59 pedidos de reconsideração feitos por municípios e associações regionais. Será a 11ª rodada do distanciamento controlado, que entrar em vigor na terça-feira (21). O RS chegou a 1.230 mortes nesse sábado (18).
O prazo de contestação terminou às 6h deste domingo (19). Segundo a assessoria do Palácio Piratini, os dados e as justificativas serão analisadas e, nesta segunda-feira, o Gabinete de Crise divulgará a decisão com o mapa definitivo. 
Foi o maior nível até agora do sistema, que estreou em 10 de maio, de abrangência de bandeiras vermelhas. Dezoito regiões foram "classificadas com risco epidemiológico alto da Covid-19", que é o conceito da cor. Apenas as regiões de Bagé e Pelotas ficaram com bandeira laranja, de risco médio.
Nove regiões apresentaram piora nos indicadores com relação à semana anterior. Cruz Alta, Erechim, Lajeado, Ijuí, Santa Cruz do Sul, Santa Maria, Santa Rosa, Santo Ângelo e Uruguaiana saíram da bandeira laranja para a vermelha, juntando-se a Porto Alegre, Canoas, Cachoeira do Sul, Capão da Canoa, Caxias do Sul, Novo Hamburgo, Palmeira das Missões, Passo Fundo e Taquara, que já estavam com risco alto.
Comentários CORRIGIR TEXTO