Porto Alegre, sábado, 18 de julho de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
sábado, 18 de julho de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Saúde

- Publicada em 11h38min, 18/07/2020. Alterada em 12h23min, 18/07/2020.

Isolamento social cai abaixo de 40% em Porto Alegre em meio à possibilidade de lockdown

Indicador que é monitorado pela prefeitura da Capital mostra maior distância em relação á meta

Indicador que é monitorado pela prefeitura da Capital mostra maior distância em relação á meta


SITE PREFEITURA DE PORTO ALEGRE/REPRODUÇÃO/JC
O isolamento social, medida para calibrar a contaminação na pandemia, caiu abaixo de 40% em Porto Alegre. O nível foi detectado nessa sexta-feira (17) foi pior que o de quinta-feira (16). A meta é 55% de isolamento. Com a lotação chegando a quase 100% em UTIs, o prefeito Nelson Marchezan Júnior cogitou que, se não houver queda em internações e aumento do isolamento, a Capital poderá adotar o lockdown.
O isolamento social, medida para calibrar a contaminação na pandemia, caiu abaixo de 40% em Porto Alegre. O nível foi detectado nessa sexta-feira (17) foi pior que o de quinta-feira (16). A meta é 55% de isolamento. Com a lotação chegando a quase 100% em UTIs, o prefeito Nelson Marchezan Júnior cogitou que, se não houver queda em internações e aumento do isolamento, a Capital poderá adotar o lockdown.
O lockdown é o fechamento total, apenas mantendo setores essenciais, e com maior controle de fluxo das pessoas. Na Itália, por exemplo, os moradores tinham de preencher um formulário com autorização para circular e havia limite por família.
O dado de isolamento, baseado em acompanhamento de um aplicativo Inloco, faz parte de uma ação lançada há uma semana chamada desafio Porto Alegre, para mobilizar os moradores. Mas a ação não consegue manter regularidade de adesão. O maior até agora, desde a retomada de restrições, foi de 61% no domingo (12)
As UTIs somam neste sábado (18) um total de 309 pacientes internados, sendo 269 de casos confirmados com Covid-19 e 40 de suspeitos. O nível de ocupação supera 91% e é considerado crítico, pois especialistas em medicina intensiva apontam que não se deve operar próximo de 100% de ocupação. 
Marchezan teve reunião com hospitais, mas sem definição de ampliação de leitos. Em live nessa sexta, o prefeito frisou a situação da pandemia na cidade, alertando para esgotamento de capacidade na saúde.  
O Rio Grande do Sul ultrapassou 47 mil casos do novo coronavírus nessa sexta-feira. Porto Alegre tem mais de 6 mil infectados e 199 óbitos, que chegam a 1.172 em todo o Estado.   
Comentários CORRIGIR TEXTO