Porto Alegre, quinta-feira, 24 de setembro de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quinta-feira, 24 de setembro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

SAÚDE

- Publicada em 15h56min, 13/07/2020. Atualizada em 15h56min, 13/07/2020.

Instituto Materno-Fetal Celso Rigo da Santa Casa começa a operar nesta segunda-feira

Coordenado por Marcelo Silva (e), complexo oferecerá atendimento de ponta em Porto Alegre

Coordenado por Marcelo Silva (e), complexo oferecerá atendimento de ponta em Porto Alegre


CAROL FORNASIER/DIVULGAÇAO/JC
A partir desta segunda-feira (13), Porto Alegre passa a contar com um novo centro para atendimento às patologias materno-fetais de pacientes usuários do Sistema Único de Saúde (SUS), de convênios e particulares. Entrou em operação a primeira etapa de serviços do Instituto Materno-Fetal Celso Rigo da Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre, uma ampla estrutura voltada à medicina fetal.
A partir desta segunda-feira (13), Porto Alegre passa a contar com um novo centro para atendimento às patologias materno-fetais de pacientes usuários do Sistema Único de Saúde (SUS), de convênios e particulares. Entrou em operação a primeira etapa de serviços do Instituto Materno-Fetal Celso Rigo da Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre, uma ampla estrutura voltada à medicina fetal.
Coordenado pela equipe da Medicina Materno Fetal Barcelona, da Espanha, um dos maiores centros especializados na área, o local oferece serviços como diagnóstico fetal, acompanhamento gestacional, exames de diagnósticos de última geração, partos e tratamentos em hospital pediátrico especializado. Alem disso, realizará cirurgias fetais a partir de setembro.
O projeto foi capitaneado pelo diretor médico dos hospitais Santo Antônio e São Francisco, o cirurgião cardiovascular Fernando Lucchese. “O que estamos trazendo para Porto Alegre é algo inédito para o nosso meio. Seremos o único hospital com esta estrutura de serviço e acompanhado por esta instituição espanhola, colocando à disposição de toda a população os mais avançados equipamentos, as melhores técnicas e um corpo funcional da mais alta qualidade. Entre os destaques, será a vinda periódica, a Porto Alegre, de renomado cirurgião fetal espanhol, que passará a integrar o corpo clínico da Santa Casa, realizando procedimentos de altíssima complexidade no nosso novo serviço”, explica Lucchese.
A coordenação do Instituto estará a cargo do médico Marcelo Brandão da Silva, que destaca a importância dos serviços de diagnóstico de todas as patologias materno-fetais, que serão oferecidos no novo complexo. “A incidência de malformações fetais gira em torno de 2% a 3% dos bebês, sendo que as cardíacas estão entre as mais frequentes. Quando se considera também as patologias materno-fetais, a incidência é bem maior, podendo atingir um grande número de gestantes”, explica.
Os serviços de diagnóstico e de acompanhamento pré-natal do Instituto estão localizados no Hospital da Criança Santo Antônio da Santa Casa. O novo espaço tem 430 metros quadrados de área e levou quatro meses para ficar pronto, em um investimento de R$ 4,5 milhões, recurso integralmente doado pelo benfeitor que dá nome ao serviço.
As cirurgias fetais, que terão início em setembro, serão realizadas no Hospital Santa Clara, onde já funciona a maternidade da instituição, que passará a operar em conjunto com o instituto.
Comentários CORRIGIR TEXTO