Porto Alegre, quinta-feira, 24 de setembro de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quinta-feira, 24 de setembro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

estradas

- Publicada em 18h08min, 07/07/2020.

Arroio transborda e bloqueia trecho da BR-470 em Lagoa Vermelha

Dnit informou que não há previsão de liberação da pista

Dnit informou que não há previsão de liberação da pista


DNIT/DIVULGAÇÃO/JC
Um trecho da BR-470, entre os municípios de Lagoa Vermelha e André da Rocha, foi totalmente bloqueado na tarde desta terça-feira (7) em decorrência da forte chuva que atinge o Rio Grande do Sul. Segundo informou o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (Dnit), o Arroio Floriano, no km 108 da rodovia, transbordou, impedindo a passagem de veículos na ponte.
Um trecho da BR-470, entre os municípios de Lagoa Vermelha e André da Rocha, foi totalmente bloqueado na tarde desta terça-feira (7) em decorrência da forte chuva que atinge o Rio Grande do Sul. Segundo informou o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (Dnit), o Arroio Floriano, no km 108 da rodovia, transbordou, impedindo a passagem de veículos na ponte.
Técnicos do departamento sinalizaram o local e estão monitorando o nível da água. Não há previsão de liberação da pista. Por enquanto, a orientação é que os motoristas utilizem as rodovias estaduais da região.
Na segunda-feira (6), a Defesa Civil alertou para a possibilidade de cheias devido à passagem de um novo ciclone pelo Estado, trazendo altos volumes de chuva até esta quarta-feira. 
Na ERS-122, em São Vendelino, houve queda de um barranco sobre o acostamento, no sentido de Bom Princípio a Farroupilha. Não há interdição da pista. O Comando Rodoviário da Brigada Militar informou que a empresa MG, contratada pela EGR, foi acionada para avaliar a situação no local. 
Já a Polícia Rodoviária Federal (PRF) informou que, apesar da chuva intensa, não havia mais interrupções nas estradas federais gaúchas. 
Comentários CORRIGIR TEXTO