Porto Alegre, quinta-feira, 24 de setembro de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quinta-feira, 24 de setembro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Clima

- Publicada em 13h24min, 01/07/2020.

Falta de luz interrompe fornecimento de água em vários bairros de Porto Alegre

Estações de tratamento ficaram sem luz após o ciclone que atingiu Porto Alegre

Estações de tratamento ficaram sem luz após o ciclone que atingiu Porto Alegre


FREDY VIEIRA/JC
O ciclone bomba que atingiu o Rio Grande do Sul entre a noite de terça-feira (30/06) e a madrugada desta quarta-feira (01/07) causou estragos em várias cidades. Em Porto Alegre, a falta de energia afeta o abastecimento de água em diversos bairros e o Dmae informa que não tem previsão de retorno do serviço nas áreas atingidas.
O ciclone bomba que atingiu o Rio Grande do Sul entre a noite de terça-feira (30/06) e a madrugada desta quarta-feira (01/07) causou estragos em várias cidades. Em Porto Alegre, a falta de energia afeta o abastecimento de água em diversos bairros e o Dmae informa que não tem previsão de retorno do serviço nas áreas atingidas.
A Estação de Tratamento de Água  (ETA) Menino Deus está sem energia desde a madrugada em função do forte vento, o que pode afetar o abastecimento de água nos bairros Azenha, Centro, Cidade Baixa, Medianeira, Menino Deus, Praia de Belas, Santana, Cristal, Santa Tereza, Nonoai, Teresópolis, Tristeza, Cel Aparício Borges, São José, Jardim Botânico, Partenon, Petrópolis, Santana, Santo Antônio, Jardim Carvalho, Jardim do Salso e Vila João Pessoa. 
Na zona norte sofrem interrupção no fornecimento de água os bairros Rubem Berta, Protásio Alves, Jardim Dona Leopoldina, Jardim Ipu, Mário Quintana, Jardim Itu - Jardim Sabará, Vila Laranjeiras, Morro Santana, Vila Jardim, Vila Ipiranga, Chácara das Pedras, Três Figueiras. 
Na zona sul, estão sem água os bairros Aberta Morros, Belém Novo, Chapéu do Sol, Hípica, Lajeado, Ponta Grossa, Restinga, Pitinga, Lomba do Pinheiro e Quirinas. Segundo o Dmae, o forte vento causou excesso de turbidez (coloração) na água captada do Guaíba, o que faz necessário reduzir a produção de água da ETA Belém, o que afeta todo o sistema de abastecimento da região. 
Comentários CORRIGIR TEXTO