Porto Alegre, terça-feira, 30 de junho de 2020.
Dia do Economista.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
terça-feira, 30 de junho de 2020.
Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

CORRIGIR

Trânsito

Alterada em 30/06 às 11h32min

Nova faixa especial de transporte coletivo inicia operação nesta quarta

Trecho fica na avenida Ipiranga, entre a Barão do Amazonas e João Pessoa

Trecho fica na avenida Ipiranga, entre a Barão do Amazonas e João Pessoa


Joel Vargas/PMPA/JC
A partir desta quarta-feira (1), usuários de ônibus de Porto Alegre terão uma nova faixa destinada à circulação viária do transporte coletivo na Capital. O novo trecho compreende a rua Barão do Amazonas e avenida João Pessoa, no sentido bairro-Centro da avenida Ipiranga. A liberação ocorre após a conclusão da sinalização da via.
 
A partir desta quarta-feira (1), usuários de ônibus de Porto Alegre terão uma nova faixa destinada à circulação viária do transporte coletivo na Capital. O novo trecho compreende a rua Barão do Amazonas e avenida João Pessoa, no sentido bairro-Centro da avenida Ipiranga. A liberação ocorre após a conclusão da sinalização da via.
 
De acordo com a Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC), o horário da operação é de segunda a sexta-feira, das 6h às 9h e das 16h às 20h. Somente ônibus, táxis e lotações poderão trafegar na faixa. O órgão estima que serão 122 mil usuários beneficiados, de 21 linhas de ônibus.
A EPTC também acrescenta que a rua Siqueira Campos, no Centro Histórico, será a próxima a receber a faixa exclusiva, também em julho, com a realização de melhorias de todo o trecho de mil metros, entre a rua Gen. Portinho e a Av. Borges de Medeiros.
Comentários