Porto Alegre, sexta-feira, 15 de maio de 2020.
Dia do Assistente Social.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
sexta-feira, 15 de maio de 2020.
Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

CORRIGIR

Religião

15/05/2020 - 13h02min. Alterada em 15/05 às 13h02min

Igreja Católica de Porto Alegre lança serviço de escuta e oração por telefone

O TelePaz vai atender a todos que estiveram com vontade de relatar problemas neste período

O TelePaz vai atender a todos que estiveram com vontade de relatar problemas neste período


JONATHAN HECKLER/ arquivo/ JC
Lourenço Marchesan
A Arquidiocese de Porto Alegre vai oferecer, a partir desta segunda-feira (18), um serviço gratuito via telefone para a população como forma de ouvir os problemas e dificuldades de cada um durante a pandemia. O TelePaz, como será chamado, terá um grupo com cerca de 50 voluntários que farão o atendimento, todos vinculados à Igreja Católica da Capital.
A Arquidiocese de Porto Alegre vai oferecer, a partir desta segunda-feira (18), um serviço gratuito via telefone para a população como forma de ouvir os problemas e dificuldades de cada um durante a pandemia. O TelePaz, como será chamado, terá um grupo com cerca de 50 voluntários que farão o atendimento, todos vinculados à Igreja Católica da Capital.
Responsável pela coordenação do tele-serviço, o padre Eduardo Kologeski frisa que "nem todos os voluntários são padres", contudo, estão ligados à igreja e "com experiência no acolhimento espiritual". Ele ressalta que o objetivo não é "aconselhar", mas "deixar as pessoas desabafarem".
Para utilizar o TelePaz, o número disponível será o seguinte: (51) 3320-3800. Os horários de atendimento serão de segunda a domingo, das 9h às 12h, das 15h às 19h e das 20h às 23h.
A Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (Pucrs) ficará a cargo do apoio e suporte técnico das ligações, que não serão gravadas a fim de preservar o sigilo dos depoimentos.
Comentários