Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 10 de fevereiro de 2020.
Dia do Atleta Profissional.

Jornal do Comércio

Geral

COMENTAR | CORRIGIR

São Paulo

10/02/2020 - 10h01min. Alterada em 10/02 às 10h15min

Forte chuva em São Paulo interdita Marginal Tietê e provoca grandes alagamentos

Forte chuva deixou veículos submersos e levou à interdição da ponte das Bandeiras na capital paulista

Forte chuva deixou veículos submersos e levou à interdição da ponte das Bandeiras na capital paulista


TV GLOBO/REPRODUÇÃO/JC
Uma forte chuva atinge a capital paulista no começo da manhã desta segunda-feira (10). De acordo com o Centro de Gerenciamento de Emergências Climática (CGE), o volume de água que atingiu a capital foi de 67 mm nas últimas 24 horas, com 77 pontos de alagamentos registrados na grande São Paulo durante o início do dia, 61 deles intransitáveis. Os bairros de alerta são Ipiranga, Butantã e Perus.
Uma forte chuva atinge a capital paulista no começo da manhã desta segunda-feira (10). De acordo com o Centro de Gerenciamento de Emergências Climática (CGE), o volume de água que atingiu a capital foi de 67 mm nas últimas 24 horas, com 77 pontos de alagamentos registrados na grande São Paulo durante o início do dia, 61 deles intransitáveis. Os bairros de alerta são Ipiranga, Butantã e Perus.
O Corpo de Bombeiros orienta que as pessoas não saiam de casa ou tentem enfrentar o temporal e os alagamentos. A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) suspendeu o rodízio para carros leves e caminhões. No entanto, permanece a restrição para circulação de caminhões e fretados nas zonas em que já são impedidos de circularem. A empresa bloqueou o acesso à Marquês de São Vicente.
Sem condições de fazer atendimentos, diversos serviços cancelam atendimentos. O Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) determinou a suspensão do expediente em todas as unidades judiciais da capital paulista. A Polícia Federal também tomou a mesma atitude na Superintendência Regional. Os estrangeiros e requerentes de passaporte que haviam marcado horários para esta segunda poderão comparecer ao local até o dia 28 sem necessidade de reagendamento.
Até as 6h05min, o CGE da prefeitura de São Paulo registrava 56 pontos de alagamento, sendo 49 deles intransitáveis. Na Zona Norte, só a Casa Verde registra sete pontos de alagamento, todos eles sem possibilidade de trânsito. A Lapa é a região da cidade com o maior números de pontos alagados totalizando 20 regiões críticas. A Marginal Tietê está interrompida e alguns pontos da Marginal Pinheiros permanecem alagados.
A orientação do órgão é para que as pessoas não saiam de casa ou tentem enfrentar o temporal e os alagamentos. De acordo com o Corpo de Bombeiros, até às 5h50min, o órgão recebeu 24 acionamentos por desabamentos, 192 para enchentes e 22 para quedas de árvores. Uma adolescente de 16 anos foi retirada de um soterramento e encaminhada para o hospital, porém sem ferimentos graves.
Além disso, de acordo com a CPTM, as chuvas provocaram alagamentos na Linha 9 - Esmeralda e os trens não estão circulando entre as estações Osasco e Santo Amaro. Ainda segundo o órgão, os passageiros aguardam a chegada de ônibus para atender o trajeto. Das sete linhas de trem, cinco operam normalmente. A Linha Diamante também opera parcialmente, com interrupção entre Comandante Sampaio e Itapevi. A Companhia do Metrô de São Paulo afirma que o sistema funciona normalmente em todas as linhas.
De acordo com o CGE, a previsão é que a chuva continue ao longo de todo o dia e, no final da manhã, já atinja o nível moderado. A temperatura pode variar entre 18º e 22ºC.
Estadão Conteúdo
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia