Porto Alegre, sábado, 26 de setembro de 2020.
Dia Nacional dos Surdos.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
sábado, 26 de setembro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Religião

- Publicada em 13h36min, 02/02/2020. Atualizada em 20h39min, 02/02/2020.

Procissão de Navegantes leva 200 mil fiéis às ruas de Porto Alegre

Fiéis percorreram cinco quilômetros entre o Centro e a igreja na zona norte sob calor e sol

Fiéis percorreram cinco quilômetros entre o Centro e a igreja na zona norte sob calor e sol


NÍCOLAS CHIDEM/JC
Carlos Villela
Milhares de pessoas participaram na manhã deste domingo (2) da 145ª procissão de Nossa Senhora de Navegantes, que percorreu trecho entre o Centro de Porto Alegre e a zona norte. O cortejo saiu da Igreja Nossa Senhora do Rosário, local onde a imagem da santa estava desde o dia 19 de janeiro.
Milhares de pessoas participaram na manhã deste domingo (2) da 145ª procissão de Nossa Senhora de Navegantes, que percorreu trecho entre o Centro de Porto Alegre e a zona norte. O cortejo saiu da Igreja Nossa Senhora do Rosário, local onde a imagem da santa estava desde o dia 19 de janeiro.
A estimativa, de acordo com a organização do evento, é de que 200 mil pessoas participaram da caminhada, e que, desde o dia 19 até o fim da noite deste domingo, o número de pessoas que deve passar pelo santuário chegará a 700 mil.
{'nm_midia_inter_thumb1':'https://www.jornaldocomercio.com/_midias/jpg/2020/02/02/206x137/1_nc020220_navegantes__80_-8968805.jpg', 'id_midia_tipo':'2', 'id_tetag_galer':'', 'id_midia':'5e36f2ed3900f', 'cd_midia':8968805, 'ds_midia_link': 'https://www.jornaldocomercio.com/_midias/jpg/2020/02/02/nc020220_navegantes__80_-8968805.jpg', 'ds_midia': 'Saída da procissão de Navegantes, que saiu da Igreja do Rosário, entrou na avenida Mauá e seguiu pela Castelo Branco até o bairro Navegantes.', 'ds_midia_credi': 'NÍCOLAS CHIDEM/JC', 'ds_midia_titlo': 'Saída da procissão de Navegantes, que saiu da Igreja do Rosário, entrou na avenida Mauá e seguiu pela Castelo Branco até o bairro Navegantes.', 'cd_tetag': '1', 'cd_midia_w': '800', 'cd_midia_h': '533', 'align': 'Left'}
Percurso desde a Igreja do Rosário até a de Navegantes teve a ajuda de fiéis para conduzir a imagem. Fotos: Nícolas Chidem/JC
Com a santa no andor em forma de barco carregada pelos fiéis,o traslado percorreu as ruas Vigário José Inácio e as avenidas Mauá, Castelo Branco (antiga Legalidade) e Sertório, até chegar à Igreja de Nossa Senhora dos Navegantes, destino final da celebração.
A maior cerimônia religiosa de Porto Alegre começou com uma missa na Igreja do Rosário às 7h, celebrada pelo padre Gelson Luiz Fraga Ferreira, marcando a despedida da imagem.
Dentre os presentes estavam o governador Eduardo Leite (PSDB), o prefeito da Capital, Nelson Marchezan Júnior (PSDB) e o vice-prefeito Gustavo Paim (PP), o deputado estadual e pré-candidato à prefeitura Sebastião Melo (MDB), a deputada federal Maria do Rosário (PT) e o líder do governo na Câmara Municipal, Mauro Pinheiro (Rede).
{'nm_midia_inter_thumb1':'https://www.jornaldocomercio.com/_midias/jpg/2020/02/02/206x137/1_nc020220_navegantes__45_-8968801.jpg', 'id_midia_tipo':'2', 'id_tetag_galer':'', 'id_midia':'5e36f2ed3900f', 'cd_midia':8968801, 'ds_midia_link': 'https://www.jornaldocomercio.com/_midias/jpg/2020/02/02/nc020220_navegantes__45_-8968801.jpg', 'ds_midia': 'Governador do RS Eduardo Leite, Prefeito de Porto Alegre Nelson Marchezan Jr. e o deputado estadual Sebastião Melo na missa que precedeu a procissão de Navegantes, que saiu da Igreja do Rosário, entrou na avenida Mauá e seguiu pela Castelo Branco até o bairro Navegantes.', 'ds_midia_credi': 'NÍCOLAS CHIDEM/JC', 'ds_midia_titlo': 'Governador do RS Eduardo Leite, Prefeito de Porto Alegre Nelson Marchezan Jr. e o deputado estadual Sebastião Melo na missa que precedeu a procissão de Navegantes, que saiu da Igreja do Rosário, entrou na avenida Mauá e seguiu pela Castelo Branco até o bairro Navegantes.', 'cd_tetag': '1', 'cd_midia_w': '800', 'cd_midia_h': '533', 'align': 'Left'}
Eduardo Leite, Nelson Marchezan Jr, Sebastião Melo e Gustavo Paim (esq. para dir.) ficaram no altar 
Na chegada da santa, no fim da procissão, no bairro Navegantes, seguiam logo atrás das bandeiras, o ex-governador Olívio Dutra (PT) e o vereador Wambert Di Lorenzo (Pros). Na chegada, em torno das 10h30min, foi realizada uma missa campal com a presença de diversos sacerdotes, liderada pelo arcebispo metropolitano de Porto Alegre, dom Jaime Spengler.
Embora a procissão não tenha sido marcada por grandes atos políticos, Leite e Marchezan foram alvo de vaias por um breve momento na saída da missa, aos gritos de “fora”.
Já no início da avenida Mauá, pouco antes da santa passar para o trecho da Castelo Branco, manifestantes estavam com uma faixa dizendo “Cobradores ficam! Não ao aumento da passagem!” e receberam apoio de alguns dos fiéis que passavam falando mensagens de suporte. O protesto tem a ver com os projetos que foram enviados pelo prefeito à Câmara de Vereadores que mexem no sistema para reduzir o valor da passagem.   
{'nm_midia_inter_thumb1':'https://www.jornaldocomercio.com/_midias/jpg/2020/02/02/206x137/1_nc020220_navegantes__226_-8968821.jpg', 'id_midia_tipo':'2', 'id_tetag_galer':'', 'id_midia':'5e36f2ed3900f', 'cd_midia':8968821, 'ds_midia_link': 'https://www.jornaldocomercio.com/_midias/jpg/2020/02/02/nc020220_navegantes__226_-8968821.jpg', 'ds_midia': 'Milene Lacerda e sua família durante a procissão de Navegantes, que saiu da Igreja do Rosário, entrou na avenida Mauá e seguiu pela Castelo Branco até o bairro Navegantes.', 'ds_midia_credi': 'NÍCOLAS CHIDEM/JC', 'ds_midia_titlo': 'Milene Lacerda e sua família durante a procissão de Navegantes, que saiu da Igreja do Rosário, entrou na avenida Mauá e seguiu pela Castelo Branco até o bairro Navegantes.', 'cd_tetag': '1', 'cd_midia_w': '800', 'cd_midia_h': '533', 'align': 'Left'}
Milene Lacerda (direita) percorreu a procissão ao lado do seu companheiro (esquerda)
Sob sol forte, com temperatura que superou 30 graus centígrados (ºC) antes do meio-dia, muitos fiéis fizeram os mais de cinco quilômetros do trajeto de pés descalços, tanto sobre o asfalto, quanto navegetação do acostamento. Uma fiel, que preferiu não se identificar, disse que fazia a procissão de pés descalços por ter “muita gratidão” à santa. Ela ergueu os braços em louvor quando chegou à igreja.
Já outras pessoas vieram acompanhadas também para fazer um programa familiar, como a professora Milene Lacerda, que percorreu a procissão ao lado do seu companheiro. “Esse é meu segundo ano. Viemos agradecer por tudo”, contou Milene.
{'nm_midia_inter_thumb1':'https://www.jornaldocomercio.com/_midias/jpg/2020/02/02/206x137/1_nc020220_navegantes__254_-8968824.jpg', 'id_midia_tipo':'2', 'id_tetag_galer':'', 'id_midia':'5e36f2ed3900f', 'cd_midia':8968824, 'ds_midia_link': 'https://www.jornaldocomercio.com/_midias/jpg/2020/02/02/nc020220_navegantes__254_-8968824.jpg', 'ds_midia': 'Fieis acompanhando a procissão de Navegantes, que saiu da Igreja do Rosário, entrou na avenida Mauá e seguiu pela Castelo Branco até o bairro Navegantes.', 'ds_midia_credi': 'NÍCOLAS CHIDEM/JC', 'ds_midia_titlo': 'Fieis acompanhando a procissão de Navegantes, que saiu da Igreja do Rosário, entrou na avenida Mauá e seguiu pela Castelo Branco até o bairro Navegantes.', 'cd_tetag': '1', 'cd_midia_w': '800', 'cd_midia_h': '533', 'align': 'Left'}
No sincretismo religioso brasileiro, a santa é associada à Iemanjá, orixá ligada à maternidade e às águas nas religiões de matriz africana como a Umbanda e o Candomblé. Muitos dos fiéis presentes usavam roupas com uma imagem de Iemanjá. Artefatos religiosos da orixá e de Nossa Senhora de Navegantes eram vendidos lado a lado por alguns comerciantes de rua.
“Somos um povo de fé e esperança, que busca a caridade para melhor acolher a todos na festa da Mãe”, afirmou Gustavo Brum, provedor da Irmandade de Nossa Senhora dos Navegantes, que organiza a festa.
Comentários CORRIGIR TEXTO