Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 26 de dezembro de 2019.

Jornal do Comércio

Geral

COMENTAR | CORRIGIR

Assistência social

Alterada em 26/12 às 17h25min

Porto Alegre ganha dois restaurantes populares

Pefeito Nelson Marchezan Júnior acompanhou as inaugurações

Pefeito Nelson Marchezan Júnior acompanhou as inaugurações


JEFFERSON BERNARDES/PMPA/JC
A prefeitura de Porto Alegre inaugurou nesta quinta-feira (26) os dois primeiros restaurantes Prato Alegre, que passam a servir refeições gratuitas a pessoas em situação de rua. Em conjunto, segundo a administração municipal, as unidades servirão 300 refeições ao dia. Os estabelecimentos estão localizados na Zona Central e Vila Cruzeiro.
A prefeitura de Porto Alegre inaugurou nesta quinta-feira (26) os dois primeiros restaurantes Prato Alegre, que passam a servir refeições gratuitas a pessoas em situação de rua. Em conjunto, segundo a administração municipal, as unidades servirão 300 refeições ao dia. Os estabelecimentos estão localizados na Zona Central e Vila Cruzeiro.
Os restaurantes atenderão a usuários cadastrados na Fundação de Assistência Social e Cidadania (Fasc) e não haverá cobrança pelas refeições. Na unidade da Zona Central (Rua Garibaldi, 461) serão servidas 200 refeições diárias. As outras 100 serão oferecidas na unidade da Vila Cruzeiro (Rua Dona Otília, 210). A gestão é da Organização Social Civil (OSC) Beith Shalom.
{'nm_midia_inter_thumb1':'', 'id_midia_tipo':'2', 'id_tetag_galer':'', 'id_midia':'5c6f03d777ac4', 'cd_midia':8634598, 'ds_midia_link': 'https://www.jornaldocomercio.com/_midias/gif/2019/02/21/banner_whatsapp_280x50px_branco-8634598.gif', 'ds_midia': 'WhatsApp Conteúdo Link', 'ds_midia_credi': 'Thiago Machado / Arte JC', 'ds_midia_titlo': 'WhatsApp Conteúdo Link', 'cd_tetag': '1', 'cd_midia_w': '280', 'cd_midia_h': '50', 'align': 'Center'}
Outras duas novas unidades geridas pela OSC devem abrir ainda no primeiro trimestre de 2020, no Centro Histórico e na Lomba do Pinheiro, acrescentando mais 300 refeições diárias. O Centro Social Padre Pedro Leonardi será responsável por uma unidade na Restinga, que distribuirá 100 pratos ao dia. No momento em que todos os restaurantes estiverem em funcionamento, cerca de 800 refeições serão distribuídas diariamente na capital gaúcha. A prefeitura vai investir o total de R$ 2,6 milhões em todas as unidades.
No primeiro dia de funcionamento dos dois Prato Alegre o cardápio oferecido incluiu arroz, feijão, estrogonofe de frango, batata souté, água saborizada e, de sobremesa, maçã. A comida foi preparada pelo chefe Zanfir da Silva e equipe. A inauguração contou ainda com show dos músicos João Batista dos Santos (violão) e Roner Urbina (violino). Em comemoração ao Ano Novo, na segunda-feira (30) será servida uma refeição especial.
O Prato Alegre é a alternativa ao antigo Restaurante Popular que funcionava na Capital, onde eram servidas refeições a R$ 1,00. Em 2017, o município passou arcar com os custo e, em janeiro deste ano, foi lançado edital em busca de parceiros para assumir a gestão do local, porém, não houve propostas para o serviço.
Em maio, o Restaurante Popular fechou e uma alternativa temporária foi proposta pela prefeitura, em parceria com a Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais do Brasil (Adra). Assim, Almoços gratuitos passaram a ser servidos no Ginário Tesourinha para pessoas em situação de rua cadastradas pela equipe de Assistência Social da cidade. Essa parceria se encerra no próximo dia 31 de dezembro.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia