Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 21 de novembro de 2019.
Dia Mundial da Televisão. Dia da Homeopatia e Dia do Homeopata.

Jornal do Comércio

Geral

COMENTAR | CORRIGIR

Educação

Edição impressa de 20/11/2019. Alterada em 20/11 às 03h00min

Combate à infrequência ganha novas medidas para 2020

Após um ano de trabalho, a Secretaria Municipal de Educação (Smed) definiu, juntamente com as instituições de ensino, as principais medidas que podem contribuir para a redução de faltas na Educação Infantil e no Ensino Fundamental.
Após um ano de trabalho, a Secretaria Municipal de Educação (Smed) definiu, juntamente com as instituições de ensino, as principais medidas que podem contribuir para a redução de faltas na Educação Infantil e no Ensino Fundamental.
As novas propostas incluem o aperfeiçoamento dos 16 campos de preenchimento da Ficha de Comunicação do Aluno Infrequente (Ficai), ampliando e desmembrando o leque de motivos apontados para as faltas sistemáticas. Foi construído um protocolo de busca ativa, que, após cinco dias de ausência, esgota todas as possibilidades de o caso ser repassado ao Conselho Tutelar.
Para o combate à evasão, ganharam destaque oferta de turno integral e encaminhamento para avaliação médica. Os motivos que lideram a infrequência são: suspeita de negligência da família, resistência do aluno, dificuldade de aprendizagem e distorção idade-série.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia