Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 23 de outubro de 2019.
Dia da Aviação e do Aviador.

Jornal do Comércio

Geral

CORRIGIR

Trânsito

23/10/2019 - 03h00min. Alterada em 23/10 às 03h00min

Rio Grande do Sul tem o menor número de mortes no trânsito desde 2007

O Departamento Estadual de Trânsito (Detran-RS) divulgou ontem o balanço da acidentalidade entre os meses de janeiro e agosto deste ano no Rio Grande do Sul. Os dados trazem uma boa notícia: o Estado teve o menor número de mortes no trânsito no período desde 2007, quando o departamento estabeleceu a metodologia atual que contabiliza as mortes ocorridas até 30 dias após o acidente.
O Departamento Estadual de Trânsito (Detran-RS) divulgou ontem o balanço da acidentalidade entre os meses de janeiro e agosto deste ano no Rio Grande do Sul. Os dados trazem uma boa notícia: o Estado teve o menor número de mortes no trânsito no período desde 2007, quando o departamento estabeleceu a metodologia atual que contabiliza as mortes ocorridas até 30 dias após o acidente.
Foram 1.049 mortes nos oito primeiros meses do ano, número ainda alto, mas 6,7% inferior ao registrado do mesmo período do ano passado, quando morreram 1.124 pessoas. A violência no trânsito diminui desde 2010, quando foi registrado o pico da acidentalidade no Estado (1.486 mortes entre janeiro e agosto). O número de acidentes fatais também caiu 5,26% em relação ao mesmo período de 2018, passando de 1.008 ocorrências para 955.
CORRIGIR
Seja o primeiro a comentar esta notícia