Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 22 de outubro de 2019.
Dia do Enólogo.

Jornal do Comércio

Geral

COMENTAR | CORRIGIR

Educação

22/10/2019 - 10h39min. Alterada em 22/10 às 10h39min

Programa de voluntariado reúne estudantes no Tribo nas Trilhas da Cidadania

Crianças cultivam horta em uma das Tribos do projeto, em Canoas

Crianças cultivam horta em uma das Tribos do projeto, em Canoas


Divulgação/ ong parceiros voluntários/ jc
O evento de voluntariado Tribo nas Trilhas da Cidadania chega à sua 16ª edição na próxima sexta-feira (25). Com o tema #QualOMundoQueEuQuero?, 18 mil alunos de 600 escolas públicas e privadas de Porto Alegre e da Região Metropolitana se organizaram durante seis meses para trabalhar em três frentes: Educação para a Paz, Meio Ambiente e Cultura.
O evento de voluntariado Tribo nas Trilhas da Cidadania chega à sua 16ª edição na próxima sexta-feira (25). Com o tema #QualOMundoQueEuQuero?, 18 mil alunos de 600 escolas públicas e privadas de Porto Alegre e da Região Metropolitana se organizaram durante seis meses para trabalhar em três frentes: Educação para a Paz, Meio Ambiente e Cultura.
Nesta sexta, das 13h às 16h30min, cerca de 300 participantes estarão no espaço verde do Sesc (avenida Protásio Alves, 6220, em Porto Alegre) apresentando-se em oficinas e amostras culturais para exibir as ações trabalhadas de maio a outubro. Organizado pela ONG Parceiros Voluntários, o evento traz como destaque neste ano a peça de teatro Humanizar é Preciso, em que nove atores, sendo dois com deficiência auditiva, criticam as políticas públicas para questões sociais.
Também entre as atrações, os alunos do Ensino Fundamental da Escola Estadual Matias de Albuquerque participam com a oficina de bonecas Abayomis, símbolo de resistência, tradição e poder feminino da cultura afro-brasileira, outra atração do dia.
Durante o dia, 14 oficinas serão realizadas pelas escolas e por uma rede de parceiros como ONG EcoSurf, DMAE, PROERD, OAB, Escola Brahma Kumaris, Ouvidoria da Secretaria da Justiça Cidadania e Direitos Humanos do RS, Polícia Rodoviária Federal, Escoteiros do Brasil, Polícia Civil e o Pólo Educacional PEMSE.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia