Porto Alegre, domingo, 26 de julho de 2020.
Dia dos Avós.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
domingo, 26 de julho de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Assistência Social

- Publicada em 21h20min, 15/08/2019. Atualizada em 21h20min, 15/08/2019.

Três restaurantes populares começam a funcionar em setembro em Porto Alegre

Desde maio, a Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais do Brasil, serve refeições gratuitas no Ginásio Tesourinha

Desde maio, a Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais do Brasil, serve refeições gratuitas no Ginásio Tesourinha


/MARCELO G. RIBEIRO/JC
Matheus Closs
Duas Organizações da Sociedade Civil (OSCs) foram aprovadas para implantar os novos restaurantes populares da Capital, chamados Prato Alegre. A Associação Brith Shalom, que cuidará de um restaurante na região do Centro Histórico e outro na Glória/Cruzeiro/Cristal, e a Associação Social Aliança do Rio Grande do Sul (ASA-RS), que será responsável pelo restaurante na região Nordeste/Eixo Baltazar/Norte/Noroeste, são as escolhidas.
Duas Organizações da Sociedade Civil (OSCs) foram aprovadas para implantar os novos restaurantes populares da Capital, chamados Prato Alegre. A Associação Brith Shalom, que cuidará de um restaurante na região do Centro Histórico e outro na Glória/Cruzeiro/Cristal, e a Associação Social Aliança do Rio Grande do Sul (ASA-RS), que será responsável pelo restaurante na região Nordeste/Eixo Baltazar/Norte/Noroeste, são as escolhidas.
O resultado oficial do chamamento público foi publicado nesta quinta-feira no Diário Oficial de Porto Alegre. Os espaços devem começar a funcionar em setembro, em locais que serão definidos pelas organizações vencedoras.
Notícias sobre Porto Alegre são importantes para você?
"Gostaria que começassem ainda no final desse mês, mas tem a questão dos prazos. Infelizmente, a administração pública, não apenas a municipal, é muito burocrática, e tem ritos que devem ser seguidos", lamenta a titular da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social e Esporte, comandante Nádia Gerhard.
Os três restaurantes Prato Alegre servirão, de segunda a sexta-feira, um total de 400 refeições diárias, de forma gratuita. Os estabelecimentos oferecerão, além de alimentação, um centro de atendimento social com serviços em saúde, educação, cultura e oficinas de capacitação para o mercado de trabalho. O repasse mensal para os restaurantes será de R$ 105.600,00.
O edital para os restaurantes populares do Prato Alegre, lançado em junho, previa a contratação de seis locais. Entretanto, a região Leste/Lomba do Pinheiro/Partenon não apresentou interessados. Os outros dois restaurantes, um na região do Centro e outro na Restinga, apresentaram interessados que, no entanto, não atenderam os pré-requisitos, entregando documentações e planos de trabalho incompletos. "Não vamos desistir dos outros três restaurantes. Assim que assinarmos o contrato dos três aprovados e dermos início às atividades, vamos fazer um novo chamamento público", garante Nádia.
Desde maio deste ano, quando foi fechado o único restaurante popular de Porto Alegre, a prefeitura, em parceria com a Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais do Brasil (Adra), serve refeições gratuitas para a população em situação de rua cadastrada pela equipe de Assistência Social, no Ginásio Tesourinha, no bairro Menino Deus. O termo de cooperação com a Adra, expirado no dia 9 de agosto, foi renovado por mais dois meses. Dessa forma, as refeições seguirão sendo oferecidas no Tesourinha até a abertura dos novos restaurantes.
Comentários CORRIGIR TEXTO