Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 01 de agosto de 2019.

Jornal do Comércio

Geral

COMENTAR | CORRIGIR

responsabilidade social

01/08/2019 - 21h38min. Alterada em 01/08 às 21h43min

Pequena Casa da Criança completa 63 anos com jantar festivo

Irmã Pierina Lorenzoni explica que toda renda do evento será aplicada na instituição beneficente

Irmã Pierina Lorenzoni explica que toda renda do evento será aplicada na instituição beneficente


MARCELO G. RIBEIRO/JC
Osni Machado
A Pequena Casa da Criança, instituição filantrópica e sem fins lucrativos, que atende diariamente cerca de 600 crianças, jovens e idosos, vai comemorar 63 anos no dia 15 de agosto, às 20h, com um jantar beneficente na Sociedade Germânia (avenida Independência, 1.299, em Porto Alegre).
A Pequena Casa da Criança, instituição filantrópica e sem fins lucrativos, que atende diariamente cerca de 600 crianças, jovens e idosos, vai comemorar 63 anos no dia 15 de agosto, às 20h, com um jantar beneficente na Sociedade Germânia (avenida Independência, 1.299, em Porto Alegre).
A festa será uma forma de celebração junto com os parceiros e colaboradores e na oportunidade contará com a apresentação da orquestra e do grupo de dança da Pequena Casa da Criança. De acordo com a presidente da instituição, irmã Pierina Lorenzoni, o jantar terá o valor de R$ 150,00 por pessoa e o serviço será realizado pelo chef Lúcio. Toda a arrecadação será aplicada na Casa.
O jantar, de acordo com a irmã Pierina também tem como objetivo trazer novos participantes e parceiros e, deste modo, dar continuidade aos trabalhos, uma vez que, todas as ações funcionam por meio de convênios e doações. “Agora nós estamos com o desafio, além da manutenção do pagamento de folha para os nossos colaboradores (funcionários), o de aumentar a Casa para atender ao Ensino Fundamental em turno integral. Isso é uma exigência da prefeitura de Porto Alegre, da Secretaria Municipal de Educação (Smed), no convênio que mantemos com eles. Nós estamos precisando aumentar, cerca de oito salas de aula. E para isso, contamos com contribuições de empresários e de pessoas físicas”, explica.
Irmã Pierina acrescenta que a Casa não quer ser somente assistencialista, quer ajudar as pessoas a se promoverem na vida e com este pensamento, busca estabelecer parceria com empresas e instituições para promoção de cursos profissionalizantes para os jovens da comunidade no primeiro emprego.
Fundada em 15 de agosto de 1956 pela irmã Nely Capuzzo, da Congregação Missionárias de Jesus Crucificado, a Pequena Casa da Criança está em um local que apresenta grande vulnerabilidade social em Porto Alegre, na rua Mário de Artagão, 13, no bairro Partenon. Irmã Pierina diz que entre as ações está a promoção da educação integral do ensino regular, profissionalizante e cursos livres de capacitação profissional. Além disso, por dia são oferecidas 1.200 refeições.
Integram-se ainda as ações da Pequena Casa da Criança, aulas de música, com flauta, percussão, violoncelo, violino e violão; bem como, aulas de judô, programa Jovem Aprendiz, grupos de idosos e o programa Ação de Rua, que consiste em abordar e criar vínculo com as crianças, adolescentes, adultos e familiares que utilizam o espaço da rua como espaço de sobrevivência.
Contato pelo site www.pequenacasa.org.br, por e-mail comunica@pequenacasa.org.br, facebook.com/pequenacasa e pelo telefone (51) 3076-0500.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia