Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 17 de julho de 2019.
Dia de Proteção às Florestas .

Jornal do Comércio

Geral

COMENTAR | CORRIGIR

Patrimônio

Edição impressa de 17/07/2019. Alterada em 17/07 às 03h00min

Largo dos Açorianos será reaberto à população de Porto Alegre em agosto

Prefeitura realizou vistoria técnica e verificou a necessidade de ajustes e correções

Prefeitura realizou vistoria técnica e verificou a necessidade de ajustes e correções


MARCO QUINTANA/JC
A entrega definitiva do Largo dos Açorianos revitalizado ocorrerá em agosto. Somente com a expedição do Termo de Recebimento Final, será possível inaugurar o local.
A entrega definitiva do Largo dos Açorianos revitalizado ocorrerá em agosto. Somente com a expedição do Termo de Recebimento Final, será possível inaugurar o local.
A Secretaria Municipal do Meio Ambiente e da Sustentabilidade (Smams) realizou há duas semanas vistoria técnica detalhada da obra e verificou a necessidade de ajustes e correções, como a pintura das cabeceiras da Ponte de Pedra, a conclusão da instalação do piso podotátil (para cegos), de lixeiras, paralelepípedos, plantio de grama, finalização das instalações elétricas do projeto e iluminação e das bombas de circulação de água, entre outros itens.
Desde a vistoria, a empresa licitada, a Elmo Eletro Montagens Ltda., trabalha na resolução dos problemas apontados. Quando sanados todos os pontos, a Smams emitirá o Termo de Recebimento Provisório da obra. A partir disso, o espaço passará, ainda, por fases de testes dos equipamentos.
A revitalização contempla dois espelhos d'água em níveis distintos, interligados por uma queda d'água (fonte) que fará, juntamente com os aspersores (bico de fonte tipo gêiser), a movimentação da água, que circulará em um circuito fechado entre os dois espelhos, por meio de bombas hidráulicas. Com estes itens verificados, será expedido o Termo de Recebimento Final, o qual possibilitará a liberação do espaço para o uso da população em geral.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia