Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 08 de julho de 2019.
Dia do Padeiro.

Jornal do Comércio

Geral

COMENTAR | CORRIGIR

Solidariedade

Edição impressa de 08/07/2019. Alterada em 08/07 às 03h00min

Ação da Campanha do Agasalho, 'cobertaço' recebe quase dez doações por minuto

Depois de uma madrugada gelada em que cidades do Rio Grande do Sul chegaram a registrar neve, o Palácio Piratini amanheceu neste sábado de inverno com as portas abertas para uma iniciativa intitulada "cobertaço". A ação fez parte da Campanha do Agasalho promovida pelo governo do Rio Grande do Sul por meio da Defesa Civil e das secretarias de Comunicação e de Trabalho e Assistência Social.
Depois de uma madrugada gelada em que cidades do Rio Grande do Sul chegaram a registrar neve, o Palácio Piratini amanheceu neste sábado de inverno com as portas abertas para uma iniciativa intitulada "cobertaço". A ação fez parte da Campanha do Agasalho promovida pelo governo do Rio Grande do Sul por meio da Defesa Civil e das secretarias de Comunicação e de Trabalho e Assistência Social.
"Foi algo que pensamos até um pouco na pressa, em função da onda forte de frio que chegou, e está sendo muito positivo. As pessoas realmente se mobilizaram", afirmou a secretária de Comunicação do Estado, Tânia Moreira.
O cobertaço começou às 10h e seguiu até as 16h, na entrada do palácio, na praça Marechal Deodoro, no Centro de Porto Alegre. Foram recebidas doações de agasalhos de todos os tipos, mas foi pedida uma atenção especial para cobertores e roupas infantis, que estavam com os estoques quase zerados na Central de Doações do Estado.
No final do dia, levantamento da Defesa Civil concluiu que foram quase dez doações por minuto, somando 2.900 peças de roupas. Além das muitas doações individuais, o cobertaço ganhou o reforço da entrega de um cheque simbólico no valor de R$ 30 mil, doado pela empresa Rio Grande Seguros.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia