Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 08 de julho de 2019.
Dia do Padeiro.

Jornal do Comércio

Geral

COMENTAR | CORRIGIR

Clima

Edição impressa de 08/07/2019. Alterada em 08/07 às 10h31min

Frio intenso continua até o meio da semana no Estado

Nesta segunda, o frio continua intenso no Rio Grande do Sul, com discreta elevação da temperatura

Nesta segunda, o frio continua intenso no Rio Grande do Sul, com discreta elevação da temperatura


MARCELO G. RIBEIRO/JC
As previsões se confirmaram, e o frio e a umidade fizeram nevar em algumas cidades do Sul do país na noite de sexta-feira e na madrugada deste sábado, alegrando os turistas que se deslocaram só para ver o fenômeno de perto na Serra do Rio Grande do Sul e também em Santa Catarina.
As previsões se confirmaram, e o frio e a umidade fizeram nevar em algumas cidades do Sul do país na noite de sexta-feira e na madrugada deste sábado, alegrando os turistas que se deslocaram só para ver o fenômeno de perto na Serra do Rio Grande do Sul e também em Santa Catarina.
Por outro lado, as temperaturas baixíssimas tornaram ainda mais evidentes a triste realidade da população de rua. Na madrugada de sexta-feira, um homem, identificado como Cleber Luis Costa da Silva, morreu de frio em Porto Alegre. Ele foi encontrado por agentes da Brigada Militar na rua Duque de Caxias, enquanto faziam ronda no Centro da cidade. De acordo com os policiais, não havia sinais aparentes de violência. Prestes a completar 51 anos, Cleber era jornalista e estava desempregado.
No Estado, houve registro de neve nas cidades de Gramado, Canela, São Francisco de Paula, Riozinho, São José dos Ausentes e Cambará do Sul, segundo a MetSul Meteorologia. Já na região catarinense, a rodovia da Serra do Rio do Rastro chegou a ser interditada por causa da camada de gelo que se formou sobre o asfalto. Houve relatos de neve em Bom Jardim da Serra e São Joaquim, uma das cidades mais gélidas do Brasil.
As mínimas no Estado bateram abaixo de zero durante todo o final de semana. Na sexta-feira, o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) registrou como mínima -1,6°C em São José dos Ausentes; no sábado, os termômetros do instituto desceram ainda mais, marcando 5°C abaixo de zero em Quaraí. Em municípios como Bagé, Encruzilhada do Sul e São Luiz Gonzaga, o Inmet também apontou a ocorrência de forte geada no sábado.
A Metsul Meteorologia também registrou temperaturas congelantes: na madrugada de sábado para domingo, foram marcados -6,1°C em Pinheiro Machado. Vários municípios, como Cambará do Sul, Gramado e Canela registraram neve a partir de sexta-feira.
Nesta segunda-feira (8), o frio continuará intenso no Rio Grande do Sul, mas em algumas regiões já se poderá perceber uma discreta elevação nas temperaturas. A previsão é de tempo nublado, com geada, exceto no Litoral. Ainda haverá registro de marcas negativas (a mínima prevista é de 2 graus), mas a máxima pode chegar a 18°C. Na Capital, as temperaturas devem ficar entre 4°C e 17°C.
A partir desta terça-feira (9), os termômetros devem subir aos poucos. A mínima continuará baixa até quinta-feira, quando chegará a 8°C. Já a máxima começa a ultrapassar a casa dos 20°C, chegando a 26°C na quinta mesmo, que promete ser um dia ensolarado na maior parte das regiões gaúchas.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia