Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 01 de julho de 2019.
Dia Mundial da Arquitetura.

Jornal do Comércio

Geral

COMENTAR | CORRIGIR

Solidariedade

01/07/2019 - 17h38min. Alterada em 01/07 às 17h49min

Duas mil peças doadas à Campanha do Agasalho de Porto Alegre não têm condições de uso

Piscina de bolinhas gigante recebe uma bolinha colorida a cada donativo entregue

Piscina de bolinhas gigante recebe uma bolinha colorida a cada donativo entregue


JOEL VARGAS/PMPA/JC
A Campanha do Agasalho realizada pela prefeitura de Porto Alegre neste ano já arrecadou, desde seu início, em 15 de abril, mais de 138,5 mil peças de roupa, distribuindo 104 mil itens de vestuário e cobertores a 69 instituições da Capital e atendendo a mais de 24 mil pessoas. Ainda assim, do número total arrecadado, 2 mil itens, ou 1,5% do total, não possuem condições de uso: são peças rasgadas, estragadas ou mesmo sujas.
A Campanha do Agasalho realizada pela prefeitura de Porto Alegre neste ano já arrecadou, desde seu início, em 15 de abril, mais de 138,5 mil peças de roupa, distribuindo 104 mil itens de vestuário e cobertores a 69 instituições da Capital e atendendo a mais de 24 mil pessoas. Ainda assim, do número total arrecadado, 2 mil itens, ou 1,5% do total, não possuem condições de uso: são peças rasgadas, estragadas ou mesmo sujas.
O percentual pode parecer pequeno, mas demonstra que ainda há espaço para concientização a respeito da campanha. As peças doadas devem estar em bom estado, e a prefeitura pede inclusive que elas já venham limpas e em condições de uso imediato.
Antes de serem distribuídas, as roupas e os cobertores são encaminhadas para centros de triagem, onde são separados entre peças em condições de uso - subdivididas em feminino, masculino e infantil -, estragadas, mas com possibilidade de serem recicladas por entidades da causa animal, e peças que não podem ser reaproveitadas, as quais são descartadas. Após a separação, as entidades cadastradas na secretaria podem retirar os donativos e distribuí-los.
Neste ano, a campanha, batizada de Esquenta Porto Alegre, tem como meta arrecadar 270 mil peças de roupa até o dia 15 de agosto. Para promover as doações, uma piscina de bolinhas gigante foi instalada junto à prefeitura e vem sendo preenchida com uma bolinha colorida a cada donativo entregue. Segundo a prefeitura, em 2018 foram arrecadas 256 mil peças, distribuídas entre 51 mil pessoas e 130 entidades.
Estão sendo recolhidos pela prefeitura peças de roupa, para adultos e crianças, calçados, lençóis, cobertores, travesseiros, toalhas de banho, itens de higiene pessoal e alimentos não perecíveis. Donativos podem ser entregues nos 59 postos de coleta distribuídos pela Capital gaúcha.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia