Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 17 de maio de 2019.
Dia Internacional contra a Homofobia. Dia Mundial da Internet.

Jornal do Comércio

Geral

COMENTAR | CORRIGIR

Patrimônio

Edição impressa de 17/05/2019. Alterada em 17/05 às 10h30min

Entrega do Largo dos Açorianos será ainda em maio, garante prefeitura

Intervenções no espaço, que ocorrem desde 2016, estão 90% concluídas

Intervenções no espaço, que ocorrem desde 2016, estão 90% concluídas


MARCO QUINTANA/JC
Igor Natusch
De acordo com a prefeitura de Porto Alegre, a longa espera da cidade por um Largo dos Açorianos renovado está perto do fim. A Secretaria Municipal do Meio Ambiente e da Sustentabilidade (Smams) afirma que as obras encontram-se 90% concluídas, e sustenta que será possível cumprir o prazo mais recente, de entregar a revitalização para a população até o final do mês de maio.
Segundo a pasta, ainda falta finalizar as arquibancadas em torno de um dos espelhos d'água da ponte de pedra, além da instalação de paraciclos e lixeiras. Estão pendentes também as instalações elétricas e hidráulicas, o plantio de grama no espaço, além de colocar em funcionamento a iluminação pública. As restaurações do Monumento aos Açorianos e da Ponte de Pedra já estão concluídas.
A obra foi iniciada em janeiro de 2016, e tinha previsão de entrega para outubro do mesmo ano. Desde então, contudo, o avanço das intervenções vem sofrendo constantes interrupções. O prazo mais recente atende a um pedido da Elmo Eletro Montagens, responsável pela restauração, que alegou esgotamento da capacidade de cumprir o cronograma anterior. Como a empresa foi a única classificada na licitação, e para evitar a realização de um novo certame, a Smams concedeu, em março, acréscimo de 60 dias para a conclusão dos trabalhos, prazo que se encerra no final deste mês.
Em resposta escrita à reportagem, a Smams reforça que faz semanalmente o controle de produtividade das obras. "É importante salientar que foram emitidas oito notificações apontando irregularidades no cumprimento do contrato, as quais encontram-se em análise da defesa apresentada pelo empreendedor", diz a pasta.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Jeferson Luiz Pereira 17/05/2019 14h00min
O que falta nos administradores é, estruturar equipes de manutenção. Reinaugurar e inaugurar é sinônimo de votos, mas o desleixo também tira votos.