Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 11 de fevereiro de 2019.
Aniversário da Casa da Moeda do Brasil.

Jornal do Comércio

Geral

COMENTAR | CORRIGIR

Minas Gerais

Edição impressa de 12/02/2019. Alterada em 11/02 às 01h00min

Brumadinho tem 160 corpos identificados

Subiu para 160 o total de corpos identificados após o rompimento da barragem da mineradora Vale no Córrego do Feijão, em Brumadinho (MG). Em balanço divulgado ontem pelo Corpo de Bombeiros, nove mortos localizados ainda não foram identificados, e outras 160 pessoas seguem desaparecidas, entre funcionários da Vale, terceirizados e membros da comunidade.
Os trabalhos de busca - que ontem chegaram ao 18º dia - contam com um efetivo de 376 homens, incluindo militares de Minas Gerais e outros estados, além de membros da Força Nacional e voluntários. Segundo as equipes, os esforços chegaram a uma etapa mais mecanizada, envolvendo escavações profundas. Além das vítimas fatais e desaparecidos, a tragédia deixou 138 pessoas desabrigadas e um rastro de destruição e contaminação.
A edição de ontem do Diário Oficial da União publicou portaria formalizando o emprego da Força Nacional de Segurança Pública em Brumadinho por 30 dias, prorrogáveis por igual período.
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia