Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sábado, 02 de fevereiro de 2019.
Nossa Senhora dos Navegantes (feriado em Porto Alegre). Dia do Agente Fiscal.

Jornal do Comércio

Geral

COMENTAR | CORRIGIR

meio ambiente

02/02/2019 - 12h11min. Alterada em 02/02 às 14h23min

Prefeito sanciona proibição de canudinhos de plástico em restaurantes de Porto Alegre

Quem descumprir a lei estará sujeito à multa que será aplicada em dobro se houver reincidência

Quem descumprir a lei estará sujeito à multa que será aplicada em dobro se houver reincidência


LUIZA PRADO/JC
O prefeito Nelson Marchezan Júnior sancionou, na última quinta-feira (31), a lei 12.514/19 que proíbe a distribuição e a venda de canudos flexíveis plásticos descartáveis em restaurantes, bares, lanchonetes, quiosques e estabelecimentos similares ou por ambulantes em Porto Alegre. A lei foi publicada em edição extra do Diário Oficial de Porto Alegre dessa sexta-feira (1º).
Aprovado pela Câmara Municipal e sancionado pelo prefeito, o projeto de lei não se aplica a canudos de papel ou de material biodegradável, além de fazer exceção para pessoas com deficiência ou que estejam impossibilitadas temporariamente de beber líquido sem a utilização de canudos.
Quem descumprir a lei estará sujeito à multa que será aplicada em dobro se houver reincidência. Em nota, a prefeitura informou que os valores arrecadados com as penalidades devem ser destinados a programas ambientais municipais.
O comércio e os vendedores ambulantes terão um ano para se adaptar à lei.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia