Porto Alegre, terça-feira, 26 de março de 2019.
Aniversário de Porto Alegre. Dia do Cacau.

Jornal do Comércio

De Frente para o Guaíba

COMENTAR | CORRIGIR

DE FRENTE PARA O GUAÍBA

Notícia da edição impressa de 28/12/2018. Alterada em 26/03 às 14h31min

Uma virada com fogos deslumbrantes em Porto Alegre

Expectativa é de que a Usina do Gasômetro receba 100 mil pessoas

Expectativa é de que a Usina do Gasômetro receba 100 mil pessoas


CRISTINE ROCHOL/PMPA/JC
Suzy Scarton
Um dos desejos da população que passa a virada do ano em Porto Alegre foi atendido. O tradicional Réveillon na orla do Guaíba, suspenso nos últimos dois anos pela falta de verbas para investimento, foi resgatado pela prefeitura da Capital.
Com recursos da iniciativa privada, a festa ocorre no dia 31 de dezembro, a partir das 19h30min, com o tema "Pro Ano Nascer Feliz". A expectativa é que a virada do ano reúna mais de 100 mil pessoas na orla Moacyr Scliar, entre a Usina do Gasômetro e a Rótula das Cuias.
A celebração vai até as 2h do primeiro dia de 2019, com direito a atrações musicais e fogos de artifício. Fogos esses que, inclusive, não causarão incômodo aos espectadores com o barulho excessivo. O show de luzes será silencioso, sem estampidos, embora haja um ruído na projeção e na abertura. O espetáculo utilizará 1,5 tonelada de fogos e será executado pelo grupo Vision Show, responsável pela queima de fogos no Réveillon de Copacabana, no Rio de Janeiro.
"Serão dez minutos deslumbrantes. Mas vale lembrar que não existe queima de fogos silenciosos, e sim com barulho reduzido", comenta o secretário municipal da Cultura, Luciano Alabarse. Ele garante que o Executivo também compactua com a preocupação de viés ambiental, uma vez que o barulho dos fogos agride a audição dos animais, além de assustá-los.
O processo de captação de recursos começou há pouco tempo - período insuficiente para entrar com um pedido de recursos federais de incentivo à cultura. Sendo assim, a prefeitura precisou buscar parceiros - empresários, produtoras de eventos e artistas - que topassem patrocinar o Réveillon. A busca por verba, inclusive, ainda não terminou, e ocorrerá até os dias anteriores à festa.
Por enquanto, o valor do investimento, divulgado pela prefeitura, será de R$ 400 mil, captados via Casa Maria Bazar e Utilidades e Marsala Alimentos, com apoio da Federação Afro Umbandista e Espiritualista e Associação de Gastronomia Itinerante do Rio Grande do Sul. Um balanço atualizado será revelado na primeira semana de janeiro.
A intenção é buscar a profissionalização do evento. "Estamos fazendo a festa deste ano com os recursos que temos à mão, já pensando na virada do ano que vem", garante. Todas as exigências contra incêndio foram tomadas para evitar acidentes. Além disso, efetivos da Brigada Militar e da Guarda Municipal estarão presentes para assegurar o bem-estar da população. A Secretaria Municipal de Serviços Urbanos ficará encarregada da limpeza do local.

Retomada da festa de Ano-Novo terá shows musicais, passeios de barco e recanto místico

Devolver a festa à população porto-alegrense foi um pedido pessoal do prefeito Nelson Marchezan Júnior, conta o secretário municipal da Cultura, Luciano Alabarse. O Executivo municipal não mediu esforços para encontrar patrocínio que pudesse viabilizar a celebração junto à orla.
"É para ser uma festa com espírito familiar, de harmonia. Vai ser a grande atração do Réveillon ao público", detalha. Ele sugere, inclusive, que a população leve cadeiras, embora garanta que haverá assentos disponíveis.
As atrações musicais confirmadas na festa de Ano-Novo são a dupla sertaneja Marcelo e Vanutti, o grupo de samba e pagode Kadinho e Banda, a banda de pop rock Papas da Língua e DJs diversos. Além dos shows, o evento vai oferecer o Recanto Místico, com bênçãos e limpeza espiritual.
Também será possível realizar passeios de barco mediante pagamento de ingresso das embarcações Cisne Branco, Bela Catarina, Noiva do Caí e POA 10. A celebração na orla contará, ainda, com a presença de food trucks e beer trucks. 
 

Confira a programação

  • 19h30min - DJ
  • 20h - Marcelo e Vanutti (sertanejo)
  • 21h - DJ
  • 21h30min - Kadinho e Banda
  • (samba e pagode)
  • 22h30min - DJ
  • 23h - Papas da Língua (pop e rock)
  • 0h - Queima de fogos (dez minutos)
  • 0h10min - DJ 
     
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Barão 28/12/2018 10h45min
Finalmente o Prefeito fez algo pela cidade, já era tempo, depois de 2 anos, só chorando e reclamando...

EXPEDIENTE