Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 20 de novembro de 2018.
Dia Nacional da Consciência Negra. Dia Universal das Crianças.

Jornal do Comércio

Geral

COMENTAR | CORRIGIR

Ensino Superior

11/11/2018 - 18h44min. Alterada em 13/11 às 16h39min

Pucrs investe R$ 110 milhões em três projetos

Costa mostra a maquete com a fase dois da ampliação do Inscer na área do Hospital São Lucas

Costa mostra a maquete com a fase dois da ampliação do Inscer na área do Hospital São Lucas


CLAITON DORNELLES /JC
Patrícia Comunello
Três projetos com perfis bem diferentes vão envolver investimentos de cerca de R$ 110 milhões em novas  estruturas na Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (Pucrs). São ações que integram o guarda-chuva dos 70 anos da universidade e ocorrem na área da saúde e pesquisa, mobilidade e ensino e área de convivência para estudantes. "Os projetos são um presente à comunidade", ressaltou o vice-reitor da Pucrs, o médico Jaderson Costa da Costa, ao detalhar as medidas e relacioná-las com as sete décadas de existência da Pucrs.
Parte dos aportes já foi deflagrado. O maior deles será na ampliação do Instituto do Cérebro (Inscer), que já é o mais importante na área no Brasil e deve elevar ainda mais a sua relevância em termos internacionais. "Vamos dobrar a capacidade de fazer exames, teremos mais espaço para novas pesquisas e para abrigar pesquisadores estrangeiros", citou Costa, que é um dos idealizadores da unidade em operação há seis anos. Um efeito também será duplicar o número de pacientes, de 1,2 mil ao mês para 2,5 mil, após a conclusão do complexo, além dos atuais 73 funcionários.
O Inscer vai quase triplicar de área física, passando dos atuais 2,5 mil metros quadrados para 9,3 mil metros quadrados, com investimento total de R$ 76 milhões, sendo R$ 66 milhões em construção e equipamentos ligados às instalações. Os outros R$ 10 milhões foram incluídos em emendas parlamentares federais para aquisição de aparelhos para exames. Do aporte total, R$ 60 milhões serão financiados por meio do programa Inovação Crítica, da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), e contrapartida de R$ 6 milhões da Pucrs. As obras começaram com as fundações e separação de acessos para a área física atual e devem ser concluídas até abril de 2020. "Não somos agentes imobiliários, tudo é para ampliar a assistência e pesquisas", reforça o médico. 
Outra novidade é a ponte a ser implantada para conectar os dois lados da avenida Ipiranga, na altura do prédio do Museu de Tecnologia da Pucrs. Segundo Costa, a estrutura melhorará a mobilidade para quem vem do Centro, e que poderá acessar a área do São Lucas da Pucrs mais rapidamente. Hoje o motorista precisa ir até a rua Cristiano Fischer. A obra envolve R$ 4 milhões, com recursos próprios da universidade. A implantação deve ser concluída no primeiro semestre de 2019 e atende a compromisso firmado com a prefeitura para melhorias na mobilidade da região.
O pacote de obras se completa com a remodelação já em fase final do prédio 15, dentro do campus da universidade. É a área de convivência, que recebeu novo layout em 16 salas, adaptadas para metodologias mais inovadoras, segundo o vice-reitor. O investimento total é de R$ 30 milhões, pois inclui a Rua da Cultura, com mais equipamentos e espaços para a área acadêmica. 
O que integra o novo pacote de obras
Ampliação do Instituto do Cérebro (Inscer)
  • O que: implantação da fase dois do Inscer, localizado na área do Hospital São Lucas, que passará dos atuais 2,5 mil metros quadrados para 9,3 mil metros quadrados de área, terá mais sete laboratórios, ampliará capacidade para exames e para pesquisas   
  • Investimento: R$ 76 milhões, sendo R$ 60 milhões de financiamento de programa da Finep e R$ 6 milhões de contrapartida da universidade para as obras e aquisição de boa parte dos equipamentos e R$ 10 milhões  para aquisição de equipamentos para exames, que serão bancados com emendas parlamentares federais
  • Prazo: conclusão em abril de 2020    

Ponte na avenida Ipiranga

  • O que: ligação de 26,5 metros será implantada para ligar os dois lados da avenida Ipiranga em frente ao Museu de Tecnologia da Pucrs e o acesso ao hospital. O sentido do tráfego será apenas no fluxo que vem do centro para o bairro. Obra foi definida em acordo para compensação de construções no interior do campus e pelo trânsito na região
  • Investimento: R$ 4 milhões
  • Prazo: primeiro semestre de 2019

Remodelação de prédio de aulas e espaços de convivência

  • O que: prédio 15 foi remodelado, com layout de 16 salas adaptadas a metodologias mais inovadoras, além de áreas para maior convivência de estudantes. A Rua da Cultura faz parte dessa ação. 
  • Investimento: R$ 30 milhões
  • Prazo: está praticamente concluída
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia