Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 25 de outubro de 2018.

Jornal do Comércio

Geral

COMENTAR | CORRIGIR

Urbanismo

Alterada em 25/10 às 18h56min

Lançados editais para adoção de dois parques em Porto Alegre

Parques Germânia e Marechal Mascarenhas de Moraes serão administrados pelo adotante por um ano

Parques Germânia e Marechal Mascarenhas de Moraes serão administrados pelo adotante por um ano


Fredy Vieira/JC
Foram publicados nesta quinta-feira (25) pela prefeitura de Porto Alegre dois editais de chamamento público para a adoção dos parques Marechal Mascarenhas de Moraes, no bairro Humaitá, e Germânia, no bairro Passo D’Areia. As propostas devem ser entregues na sede da Secretaria Municipal do Meio Ambiente e da Sustentabilidade (Smams) até o dia 26 de novembro.
O valor mínimo para adoção do parque Mascarenhas de Moraes, que tem área de 182.383 metros quadrados, é de R$ 180 mil. A manutenção obrigatória para o espaço inclui cortes e plantios de grama, colocação de saibro rosa, conserto dos bebedouros e repintura de diversos mobiliários.
Para o Germânia, que tem área de 151.182 metros quadrados, o valor mínimo é de R$ 204 mil. Neste caso, os serviços obrigatórios incluem reposição e corte de grama, telamento das quadras esportivas, manutenção de mobiliários e recuperação de equipamentos de recreação infantil.
A adoção das áreas tem prazo de um ano e pode ser prorrogada por mais doze meses. A proposta selecionada será aquela que oferecer mais serviços, entre os obrigatórios e complementares.
Como contrapartida, o adotante poderá instalar placas de sinalização de natureza institucional na área adotada. É vedada a exploração comercial dos espaços. Os editais podem ser acessados no Diário Oficial desta quinta, onde estão detalhados os critérios para definição dos vencedores.
Atualmente, Porto Alegre conta com 70 áreas adotadas, o que, de acordo com a prefeitura, gera uma economia de cerca de R$ 2 milhões por ano aos cofres públicos.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia