Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sábado, 20 de outubro de 2018.
Dia do Poeta. Dia do Arquivista.

Jornal do Comércio

Geral

COMENTAR | CORRIGIR

educação

Alterada em 20/10 às 15h44min

MEC libera recursos para instituições federais

Agência Brasil
O Ministério da Educação (MEC) liberou esta semana R$ 729,1 milhões em limite de empenho para universidades federais, instituições da rede federal de educação profissional, científica e tecnológica e hospitais de ensino vinculados ao governo federal. "Com essa verba, o MEC assegura às instituições federais de ensino 100% de execução das despesas de custeio e investimento em fontes do Tesouro", informou a pasta.
Por meio de nota, o ministério destacou que, até o momento, foram liberados limites de empenho no valor de R$ 8,2 bilhões para despesas discricionárias, sendo R$ 7,5 bilhões em custeio e R$ 702,1 milhões em investimento.
Os recursos das despesas discricionárias, de acordo com a pasta, são geridos pelas próprias universidades, no âmbito de sua autonomia administrativa, incluindo gastos com funcionamento, obras, contratação de serviços de terceirização de mão de obra e despesas com assistência estudantil.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia