Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 13 de dezembro de 2018.

Jornal do Comércio

Geral

COMENTAR | CORRIGIR

Infraestrutura

Edição impressa de 10/10/2018. Alterada em 10/10 às 01h00min

Sinalização é instalada para obras na Coronel Marcos

A instalação da sinalização nas obras de requalificação viária do eixo das avenidas Wenceslau Escobar e Coronel Marcos, na Zona Sul de Porto Alegre, começaram nesta semana. A implantação da 1ª Faixa Reversível Semaforizada da cidade é uma das mudanças previstas. A intervenção pretende melhorar a mobilidade e a fluidez no trecho da Wenceslau Escobar, entre a rua Professor Xavier Simões e a avenida Coronel Marcos, e reduzir o tempo de deslocamento.
Outras alterações incluem remoção de canteiros centrais, postes e semáforos, além de ajustes em acessos e conversões. As obras não podem ser realizadas com chuva ou pista molhada. Para otimizar o andamento do projeto, as partes de infraestrutura e de sinalização são realizadas simultaneamente. "As placas e os semáforos serão instalados antes do início da operação da faixa reversível, que será totalmente automatizada", explica o técnico de trânsito e transporte da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC), Marcelo Hansen. A alteração de trânsito na região será informada previamente, assim como o funcionamento da inversão de fluxo. Com extensão de aproximadamente 450 metros, a faixa permite alterações no fluxo das vias.
Esse é o primeiro projeto desenvolvido a partir de doações feitas pela ferramenta ConstruaPOA, disponível no aplicativo #EuFaçoPOA. O custo para o projeto, que inclui ainda melhorias nas avenidas Coronel Marcos e Tramandaí, foi de R$ 220 mil.
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Sérgio Rosa 13/12/2018 22h40min
Legado da gestão Fortunati