Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 29 de junho de 2018.
Dia da Telefonista.

Jornal do Comércio

Geral

COMENTAR | CORRIGIR

Paralisação

Alterada em 29/06 às 17h07min

Alexandre de Moraes marca audiência sobre multas a caminhoneiros

Agência O Globo
O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), marcou uma audiência coletiva, para o dia 20 de agosto, para tratar das multas autorizadas por ele aos caminhoneiros durante a paralisação. Até o momento, 151 pessoas jurídicas foram autuadas, segundo informou o ministro ao designar a audiência.
Segundo Moraes, a medida foi adotada devido a uma grande quantidade de pedidos de audiência feitos por diversas empresas autuadas. "A fim de conferir publicidade e homogeneidade no tratamento das questões levantadas, designo a audiência", disse o ministro.
A medida cautelar deferida por Moraes, a pedido do presidente Michel Temer em maio passado, autorizou a aplicação de multas de R$ 10 mil a R$ 100 mil por hora para quem interditasse vias públicas e acostamentos desrespeitando ordens judiciais, ou se negasse a retirar veículo para desobstruir a passagem.
As empresas multadas poderão comparecer à audiência, com seus advogados, mediante prévia inscrição a ser feita no gabinete de Moraes até 6 de agosto. O ministro aceitou o ingresso da Associação Nacional do Transporte de Cargas e Logística (NTC&Logística) como amicus curiae na ação, uma espécie de especialista para auxiliar o tribunal a julgar.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia