Jornalista Sabrina Thomazi lançou a série Âncora de Carreira, sobre empreendedorismo feminino Jornalista Sabrina Thomazi lançou a série Âncora de Carreira, sobre empreendedorismo feminino Foto: /Pedro Stein Fotografia/Divulgação/JC

Podcast como um negócio

A jornalista Sabrina Thomazi, conhecida pelos gaúchos por trabalhos na TV e no rádio, decidiu empreender no ramo da Comunicação. O formato escolhido foi um dos que mais cresce, o de podcasts. "Sempre digo que é um programa de rádio que você ouve na hora que quer e que monta uma playlist como já faz com as músicas favoritas", explica ela.
Ao entrar no mundo dos podcasts, Sabrina assumiu também o desafio de criar a cultura de consumo no Rio Grande do Sul e, principalmente, entre o público feminino. Ela tinha um projeto engavetado há muito tempo e cansou de esperar o panorama perfeito de encaixe em veículos tradicionais. "Foi a forma que encontrei de colocar o conteúdo na rua, torná-lo acessível."
Além de podcasts autorais, ela oferece serviços aos interessados no ramo. Dirige e providencia gravação, edição, hospedagem e, para quem quer se preocupar só com o conteúdo, ela ancora programas. Detalhes em www.sabrinathomazi.com.
GeraçãoE - Que informações de mercado te inspiram a empreender no ramo?
Sabrina Thomazi - A produção do podcast é crescente no Brasil e no mundo. E, melhor ainda, se verifica o aumento do consumo. Tenho a noção de que ainda estamos abrindo esse mercado por aqui, no Rio Grande do Sul, e plantando uma semente entre as mulheres. Encaro como um bom desafio. O interessante é que esse crescimento também já aparece em pesquisas. Vejo como tendência. É como as TVs on demand. Depois que a gente aprende que não precisa ficar esperando o nosso programa favorito ou que pode ter o mesmo conteúdo sem tantos comerciais, por que deixar que outros decidam o que e quando ouvir algo? E mais: para que conviver com minutos intermináveis de intervalo? Os modelos de comunicação estão em transformação e nos exigem criatividade. Além disso, por depender da escolha, da pró-atividade do ouvinte, penso que se permite o aprofundar conteúdos que nas rádios convencionais já não têm espaço pelo excesso de informação a que estamos expostos e por terem que abarcar toda a audiência.
GE - Como são teus podcasts?
Sabrina - O podcast Âncora de Carreira é sobre empreendedorismo feminino e materno. A ideia é termos sempre uma empreendedora que narre sua trajetória e seus desafios e uma outra profissional que possa contribuir com mais experiência ou tecnicamente sobre o que estamos falando. Ambas trazendo as vivências pessoais, com fracassos e acertos. A ideia é trabalhar um empreendedorismo realista, com menos glamour do que vejo nas redes sociais. Brinco que é uma autoaceleradora de empreendedorismo porque o podcast Âncora de Carreira é ele próprio um projeto empreendedor. Resolvi fechar no feminino e materno, pois estamos num momento de grande reflexão sobre isso, em que as mulheres se reúnem para trocar experiências, para reconhecer suas potencialidades e, porque não, suas limitações e assim achar saídas mais saudáveis em todos os sentidos (físico, emocional, financeiro, administrativo).
GE - Pretende monetizá-lo?
Sabrina - Já venho conversando com potenciais patrocinadores em dois formatos: investimento no podcast aliando a marca do patrocinador com entregas mais convencionais ou num modelo de minievento, em que o patrocinador recebe a gravação do podcast e traz seus convidados para participar dessa geração de conteúdo e fazer contato com as nossas fontes. Mas também existem ferramentas colaborativas que devemos incluir, a fim de que o público que curte contribua diretamente com o projeto. Esse modelo sustenta alguns dos podcasts mais ouvidos no Brasil.
Compartilhe
Seja o primeiro a comentar

Publicidade
Mostre seu Negócio