Alice Salazar começou dando dicas de maquiagem no YouTube e hoje tem rede de franquias com seu nome Alice Salazar começou dando dicas de maquiagem no YouTube e hoje tem rede de franquias com seu nome Foto: /MARCO QUINTANA/JC

'Nunca imaginei ganhar dinheiro na internet'

Alice Salazar soma 6 milhões de inscritos em suas redes sociais. Hoje, até quem não é adepto da internet já a conhece. Lojas com seu nome estão espalhadas pelo Brasil e, recentemente, ela participou do programa Aprendiz, transmitido pela Band em rede nacional. A história de empreendedorismo de Alice começou em 2010, quando postou seu primeiro vídeo de maquiagem no YouTube. De lá para cá, tudo mudou.
Nascida em Santo Antônio da Patrulha, a família da agora empresária viveu anos de glória com a plantação de arroz. Até que houve uma crise no setor e o dinheiro acabou. Seus irmãos conseguiram fazer faculdade em Porto Alegre, mas, na vez dela, a fonte esgotou. Nem curso de inglês puderam bancar para a caçula. O jeito foi trabalhar de maquiadora - técnicas que aprendeu com a mãe - numa emissora de TV da Capital, por menos de um salário-mínimo. Nas horas vagas, o hobby de compartilhar seus conhecimentos foi responsável pela virada nessa trajetória.
Na entrevista abaixo, veja detalhes da conversa exclusiva antes da participação de Alice na Feira Brasileira do Varejo (FBV). E ouça o podcast completo com ela em www.jornaldocomercio.com/podcasts na terça-feira que vem.
GeraçãoE - Você sabia que iria ganhar dinheiro na internet?
Alice Salazar - Não, eu imaginei que iria me tirar dinheiro. Porque eu dizia "meu Deus, se eu falar todos os meus segredos de maquiagem as pessoas não vão querer se maquiar comigo". Eu tive essa dificuldade. Mas comecei. Primeiro em um blog, depois resolvi fazer vídeos. E deu certo. Não acreditava que iria dar tanto. A primeira vez que ganhei dinheiro foi quando o blog começou a se tornar conhecido e meninas me pediam curso. Fiz e ganhei quatro vezes o meu salário. Logo em seguida as marcas passaram a me mandar coisas e, dois anos depois, fui tirar o primeiro dinheiro do Google. Lembro que foi R$ 3 mil e paguei um spa para dar uma emagrecida (risos). Daí, as marcas me procuravam para fazer publicidade. E muitos cursos, que foi onde eu mais ganhei dinheiro.
GE - Depois de um certo tempo você largou o emprego e passou a se dedicar exclusivamente à maquiagem. De onde veio a coragem?
Alice - Não foi uma aposta gigantesca. Tem advogadas que me dizem que querem virar maquiadoras, mas tem que se pensar muito. Eu não apostei alto porque meu salário era baixo.
GE - E como foi a criação da tua própria linha de maquiagem?
Alice - Com o sucesso dos vídeos, um químico me enviou umas maquiagens e eu perguntei para ele como fazíamos para lançar uma linha. Troquei uma ideia com meus irmãos, que entraram de sócios, e a partir dali virou a marca de cosméticos Alice Salazar. A empresa foi crescendo e, em 2017, lançamos a primeira loja. Fomos procurados por um grupo que se interessou, conversou com meu marido e, juntos, formaram esse projeto da rede de franquias. Tem uma loja só que é nossa, para ser o piloto e testarmos coisas, a de Balneário Camburiú. Todas as outras são franquias.
GE - Fale sobre ser influencer da tua própria marca?
Alice - É sensacional, pois é a única marca que eu gosto de todos os produtos. Tem muito coração. Sem contar que temos muito mais controle sobre as coisas, já que a venda depende de vários fatores.
Compartilhe
Seja o primeiro a comentar

Publicidade
Mostre seu Negócio