Porto Alegre, domingo, 22 de maio de 2022.
Dia do Apicultor.
Porto Alegre,
domingo, 22 de maio de 2022.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Campeonato Brasileiro

- Publicada em 21/05/2022 às 23h06min.

Inter sai perdendo, mas reage e empata em 1 a 1 contra o Cuiabá

Carlos de Pena, cobrando pênalti, fez o gol colorado em partida disputada no sábado (21)

Carlos de Pena, cobrando pênalti, fez o gol colorado em partida disputada no sábado (21)


RICARDO DUARTE/INTER/JC
Igor Natusch
Em uma partida disputada, mas de baixa qualidade técnica e cheia de lances polêmicos, o Inter acabou conquistando um empate suado contra o Cuiabá por 1 a 1, neste sábado (21), na Arena Pantanal. Depois de sair perdendo, o Colorado superou as dificuldades de criação com entrega em campo e, em um pênalti, conseguiu igualar o placar. Foi o quarto empate consecutivo dos comandados de Mano Menezes neste Campeonato Brasileiro.
Em uma partida disputada, mas de baixa qualidade técnica e cheia de lances polêmicos, o Inter acabou conquistando um empate suado contra o Cuiabá por 1 a 1, neste sábado (21), na Arena Pantanal. Depois de sair perdendo, o Colorado superou as dificuldades de criação com entrega em campo e, em um pênalti, conseguiu igualar o placar. Foi o quarto empate consecutivo dos comandados de Mano Menezes neste Campeonato Brasileiro.
Com o resultado, o Colorado chega aos 10 pontos, permanecendo no meio de tabela. O Cuiabá, por sua vez, chegou a sentir o gostinho da que seria sua primeira vitória em casa, mas segue sem somar três pontos em seus domínios no Brasileirão.
O começo de jogo mostrou duas equipes interessadas e procurando alternativas à frente. O Inter começou um pouco melhor, mostrando mais organização quando com a bola no pé. Mas o Cuiabá não se resumia a esperar o Colorado, e causava alguma preocupação com as jogadas pelos lados. Apesar da intensa movimentação, as chances de lado a lado foram escassas na primeira etapa.
A melhor chegada colorada foi aos 28 minutos. Wanderson cruzou rasteiro, Alan Patrick fez o corta-luz e David chutou forte, para boa defesa de Walter. Aos 30, o Dourado tentou responder, e reclamou muito de suposto empurrão dentro da área de Bustos em Valdívia. O VAR, no entanto, não recomendou que o árbitro revisse o lance. A melhor chance dos donos da casa foi aos 45 minutos, quando Valdívia fez boa jogada e chutou no ângulo, para grande defesa de Daniel.
O Cuiabá mudou no intervalo, colocando Rodriguinho para articular as jogadas junto com Valdívia, um dos melhores em campo. E o resultado veio rápido. Aos 4 minutos, Moisés empurrou Rodriguinho de forma boba, na entrada da área. Na cobrança, Valdívia bateu forte, por baixo da barreira, e Daniel chegou a espalmar, mas a bola entrou: 1 a 0. 
Depois de sofrer o gol, o Inter acordou, em especial a partir da boa entrada em campo de Carlos de Pena, que acelerou as jogadas. A bola, porém, não surgia limpa para a conclusão, de forma que Wagner acabava sendo pouco exigido. Os donos da casa tentavam aproveitar o contra-ataque: aos 17 minutos, Bustos salvou no último instante, quando Valdívia surgia livre para fazer o segundo. Um minuto depois, foi a vez do Inter reclamar do árbitro de vídeo, que não se manifestou após a bola bater no braço de Marllon, dentro da área. 
Aos 34 minutos da etapa final, o VAR entrou em campo de vez, quando Ramon Abatti Abel foi chamado para avaliar um suposto pé alto de João Lucas em Mercado. Após assistir novamente o lance, o árbitro marcou o pênalti e expulsou o jogador do Cuiabá. Carlos de Pena foi para a cobrança e empatou a partida. 
Com um jogador a mais, o Colorado tinha em torno de dez minutos para fazer pressão e buscar a virada. Faltou, porém, tranquilidade para aproveitar a vantagem numérica, e o placar não se alterou até o apito final. Agora, o Inter faz uma pausa no Brasileirão e encara o 9 de Octubre, em partida decisiva para a classificação na Copa Sul-Americana, na próxima terça-feira (24). 

Ficha da partida

CUIABÁ (1) - Walter; João Lucas, Alan Empereur, Marllon e Uendel; Rivas (Marcão Silva), Pepê e Valdívia (Marquinhos); Alesson (André Luís), Jenison (André) e Felipe Marques (Rodriguinho). Técnico: Luiz Fernando Iubel.
INTER (1) - Daniel; Bustos, Gabriel Mercado, Vitão e Moisés; Gabriel, Liziero (Carlos de Pena), Edenilson (Mauricio), Alan Patrick (Wesley Moraes) e Wanderson (Pedro Henrique); David (Alemão). Técnico: Mano Menezes.
Árbitro: Ramon Abatti Abel.
Conteúdo Publicitário
Comentários CORRIGIR TEXTO