Porto Alegre, domingo, 08 de maio de 2022.
Dia do Profissional de Marketing. Dia das Mães.
Porto Alegre,
domingo, 08 de maio de 2022.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Campeonato Brasileiro

- Publicada em 08/05/2022 às 21h11min.

Inter sofre gol no finzinho e fica no empate com o Juventude, no Jaconi

Em seu segundo jogo pelo clube, o zagueiro Vitão marcou o gol colorado em Caxias do Sul

Em seu segundo jogo pelo clube, o zagueiro Vitão marcou o gol colorado em Caxias do Sul


RICARDO DUARTE/INTER/JC
Deivison Ávila
Um gol sofrido aos 47 minutos do segundo tempo deixou um gosto amargo no torcedor colorado. No clássico gaúcho pelo Campeonato Brasileiro, o Inter saiu na frente, mas não conseguiu segurar a pressão do Juventude e acabou empatando em 1 a 1, no Alfredo jaconi, na noite deste domingo (8). O resultado coloca a equipe de Mano Menezes na oitava colocação do Brasileirão, com oito pontos, quatro a menos do líder Corinthians, casualmente o próximo adversário colorado, sábado, no Beira-Rio.
Um gol sofrido aos 47 minutos do segundo tempo deixou um gosto amargo no torcedor colorado. No clássico gaúcho pelo Campeonato Brasileiro, o Inter saiu na frente, mas não conseguiu segurar a pressão do Juventude e acabou empatando em 1 a 1, no Alfredo jaconi, na noite deste domingo (8). O resultado coloca a equipe de Mano Menezes na oitava colocação do Brasileirão, com oito pontos, quatro a menos do líder Corinthians, casualmente o próximo adversário colorado, sábado, no Beira-Rio.
O primeiro tempo foi bem abaixo da intensidade dos times montados pelo técnico Mano Menezes nos últimos jogos. Por outro lado, o Juventude entrou ligado o tempo todo e só não levou mais perigo ao gol de Daniel, porque falhou na finalização. Logo aos três minutos, Chico Kim recebeu na esquerda, trouxe para o pé direito e bateu em gol para defesa firme do goleiro do Inter.
Aos 12, o meia naturalizado sul-coreano do Ju lançou Pitta dentro da área, mas o centroavante pegou muito embaixo e isolou. A equipe da Serra voltou a assustar aos 33: Pitta recebeu com espaço e arriscou de fora da área, mas a bola saiu à direita do gol defendido por Daniel. A primeira chegada efetivamente perigosa do Inter saiu apenas aos 39: Alemão cruzou da direita e Edenilson cabeceou para o gol. César caiu para fazer a defesa.
A conversa no vestiário colorado foi bem proveitosa, já que a equipe voltou com outro ânimo e outra postura, além de Pedro Henrique na vaga de Alemão. E, no primeiro minuto do segundo tempo, após falta cobrada por De Pena, Vitão cabeceou no canto direito de César para abrir o placar no Jaconi. No minuto seguinte, Pedro Henrique cruzou e David, de cabeça, quase ampliou.
Atrás do placar, o Juventude partiu para cima e o Inter recuou naturalmente. Óscar Ruíz e Yuri Lima também levaram perigo. Precisando colocar sangue novo no time, Mano promoveu a reestreia de Alan Patrick, aos 25. Mesmo assim, o Ju seguiu em cima e assustou com Yuri Lima e Paulinho Moccelin.
E quando tudo se encaminhava para uma vitória colorada, aos 47, Paulinho cobrou falta e Óscar Ruiz subiu para marcar de cabeça e deixar tudo igual. O Inter ainda quase voltou a frente do marcador, aos 50: o estreante Alan Patrick cobrou falta com perfeição, mas César voou para evitar o gol e selar o empate em Caxias do Sul.
Juventude 1 César; Rodrigo Soares (Paulo Henrique), Vitor Mendes, Rafael Forster e William Matheus (Busanello); Yuri, Jadson (Vitor Gabriel), Darlan (Óscar Ruíz), Chico Kim e Guilherme Parede (Paulinho Moccelin); Pitta. Técnico: Eduardo Baptista.
Inter 1 Daniel; Fabricio Bustos, Vitão, Bruno Méndez e Renê; Dourado; Wanderson (Caio Vidal), Edenilson (Gabriel), Carlos de Pena e David (Alan Patrick); Alemão (Pedro Henrique). Técnico: Mano Menezes.
Árbitro: Bruno Arleu de Araujo (RJ).
Conteúdo Publicitário
Comentários CORRIGIR TEXTO