Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Esportes

- Publicada em 30 de Abril de 2022 às 18:33

Sem riscos, Grêmio faz 2 a 0 no CRB e se consolida entre os líderes

Elias Manoel e Bitello fizeram os gols da vitória, no sábado, na Arena

Elias Manoel e Bitello fizeram os gols da vitória, no sábado, na Arena


LUCAS UEBEL/GRÊMIO FBPA/JC
Igor Natusch
Entre as possíveis lições da dolorosa queda gremista para a Série B no ano passado, uma das mais importantes talvez seja a de que não dá para dar chance ao azar. A meta do Grêmio neste sábado (30), então, era clara: vencer em casa o CRB, para enfileirar uma sequência de bons resultados e consolidar-se no G-4. A missão foi cumprida de forma segura, e o 2 a 0 na Arena reflete a superioridade do Tricolor na partida. Agora com 10 pontos, a equipe comandada por Roger Machado finca os pés na ponta de cima da tabela.
Entre as possíveis lições da dolorosa queda gremista para a Série B no ano passado, uma das mais importantes talvez seja a de que não dá para dar chance ao azar. A meta do Grêmio neste sábado (30), então, era clara: vencer em casa o CRB, para enfileirar uma sequência de bons resultados e consolidar-se no G-4. A missão foi cumprida de forma segura, e o 2 a 0 na Arena reflete a superioridade do Tricolor na partida. Agora com 10 pontos, a equipe comandada por Roger Machado finca os pés na ponta de cima da tabela.
O começo de jogo não surpreendeu ninguém. Tirando o goleiro Brenno e, eventualmente, algum zagueiro, todos os demais jogadores atuavam dentro do campo do CRB: o Grêmio atacando, o visitante alagoano fazendo o possível para se defender. A pressão era intensa, e deu resultado aos 15 minutos. Em jogada pela esquerda, a bola sobrou para Diego Souza, que, ao invés de chutar, acionou Elias pelo lado oposto. O jovem atacante chutou cruzado para abrir o placar.
Embora não empilhasse chances, o Tricolor tinha o controle das ações. Mas, com a diminuição de ritmo gremista no final da primeira etapa, o CRB começou a chegar. Aos 35 minutos, os alagoanos tiveram uma chance clara: em bola cruzada, Guilherme Romão chutou forte e Geromel salvou em cima da linha. A bola sobrou para Reginaldo, que, com o gol aberto, chutou muito mal, longe do gol.
O momento de sufoco acordou o Grêmio. E a resposta veio rápido. Aos 41 minutos, Biel fez boa jogada no contra-ataque e achou Bitello, que chutou de primeira, no ângulo: golaço e 2 a 0.
O CRB promoveu mudanças no intervalo, tentando deixar a equipe mais ofensiva. Para o Grêmio, que fez a maioria dos gols na Série B no contra-ataque, passava a ser questão de aproveitar as oportunidades. O que não foi nada fácil. Aos 7 minutos, Diego Souza teve a primeira, mas bateu para fora. Aos 19, ele perdeu mais um, chutando uma bola fácil em cima do zagueiro Gum.
Aos 21 minutos, foi a vez de Elias. O atacante ganhou na velocidade, driblou o goleiro, mas se complicou e chutou na trave. Aos 28, de novo Elias: desta vez, a bola entrou, mas o VAR identificou impedimento milimétrico e anulou. Antes do apito final, Nicolas acabou expulso, por pisão no adversário. O placar final talvez pudesse ter sido mais elástico, mas a vitória segura deixou satisfeito os 17.739 torceores que compareceram à Arena.
GRÊMIO (2) - Brenno; Rodrigo Ferreira, Geromel, Bruno Alves e Nicolas; Villasanti, Lucas Silva (Gabriel Silva) e Bitello (Diogo Barbosa); Elias Manoel (Campaz), Diego Souza (Elkeson) e Biel (Janderson). Técnico: Roger Machado.
CRB (0) - Diogo Silva; Reginaldo, Gum, Iago Mendonça e Guilherme Romão; Marthã (Wallace) (Bryan), Yago, Raul Prata (Vico) e Richard (Emerson Negueba); e Gustavo Apis (Fabinho) e Anselmo Ramon. Técnico: Marcelo Cabo.
Árbitro: Felipe Fernandes de Lima (MG).
Conteúdo Publicitário
Leia também
Comentários CORRIGIR TEXTO