Porto Alegre, quinta-feira, 02 de dezembro de 2021.
Dia Nacional do Astrônomo. Dia do Samba. Dia Pan-Americano da Saúde.
Porto Alegre,
quinta-feira, 02 de dezembro de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Campeonato Brasileiro

- Publicada em 02/12/2021 às 22h43min.

Com superioridade, Grêmio goleia o São Paulo e segue respirando no Brasileirão

Triunfo na Arena mantém a obrigação do Tricolor vencer os últimos dois jogos na competição

Triunfo na Arena mantém a obrigação do Tricolor vencer os últimos dois jogos na competição


LUCAS UEBEL/GRÊMIO FBPA/JC
Deivison Ávila
No último suspiro em busca da permanência na elite do futebol nacional, o Grêmio fez um dos melhores jogos neste Campeonato Brasileiro, na volta da torcida à Arena. Com uma atuação de luxo, diante de um São Paulo fraco tecnicamente, o tricolor gaúcho venceu o paulista por 3 a 0 e mantém viva a esperança de se manter na Série A. O triunfo na noite desta quinta-feira (2) ainda obriga o Grêmio a vencer os últimos dois jogos, começando pelo Corinthians, no domingo, em Itaquera, e o campeão Atlético-MG, no dia 9.
No último suspiro em busca da permanência na elite do futebol nacional, o Grêmio fez um dos melhores jogos neste Campeonato Brasileiro, na volta da torcida à Arena. Com uma atuação de luxo, diante de um São Paulo fraco tecnicamente, o tricolor gaúcho venceu o paulista por 3 a 0 e mantém viva a esperança de se manter na Série A. O triunfo na noite desta quinta-feira (2) ainda obriga o Grêmio a vencer os últimos dois jogos, começando pelo Corinthians, no domingo, em Itaquera, e o campeão Atlético-MG, no dia 9.
Diante de um São Paulo frágil e bagunçado, o Grêmio buscou o gol desde o primeiro instante. Intenso, os comandos de Vagner Mancini quase abriram o placar aos 12 minutos: Thiago Santos roubou a bola de Rodrigo Nestor na área do São Paulo, Diego Souza chegou no carrinho na sobra e Campaz, na sequência, ajeitou para Thiago Santos, sem goleiro, finalizar de primeira. Mas Miranda se atirou na bola e fez uma grande defesa com a perna.
Soberano em campo, o Grêmio abriu o marcador aos 22: Ferreirinha achou Diogo Barbosa se infiltrando na área, pela esquerda. O lateral cruzou na medida para Thiago Santos, que tinha perdido um gol incrível, cabecear com firmeza para o fundo das redes. O São Paulo não se encontrou em campo em todo primeiro tempo. O esquema com três zagueiros montado por Rogério Ceni não deu certo.
O Grêmio seguiu com a mesma intensidade no segundo tempo, enquanto que o tricolor paulista seguiu desencontrado, sem ameaçar Gabriel Grando. Enquanto isso, o tricolor gaúcho trocava passes em busca do segundo gol. Aos 11, Ferreirinha entrou a dribles na área, se livrou de três marcadores e finalizou de esquerda, muito perto do poste direito, quase fazendo um golaço.
Aos 21, Ferreirinha fez nova jogada pessoal e acertou a trave. Só que no minuto seguinte, Diogo Barbosa foi preciso. O lateral-esquerdo avançou com liberdade, se livrou de Igor Gomes na entrada da área chutou na gaveta, marcando um belo gol na Arena. Dois minutos depois, foi a vez de Borja acertar a trave, depois de cruzamento de Campaz.
A notícia ruim da noite foi o cartão amarelo bobo recebido por Douglas Costa, o terceiro dele. Ele foi amarelado por não sair de campo na substituição no lugar indicado pelo árbitro. Com isso, o camisa 10 não enfrentará o Corinthians, domingo, em São Paulo.
Mas Jhonata Robert marcou um gol de placa, para deixar o torcedor ainda mais confiante nesta reta final. Já nos acréscimos, após Liziero perder a bola no campo de ataque, Jhonata Robert trocou passe com Borja, que fez o pivô, e voltou para Jhonata chutar do meio-campo, encobrindo Volpi, dando números finais na goleada gremista.
Grêmio 3 Gabriel Grando; Rafinha, Geromel, Kannemann e Diogo Barbosa; Thiago Santos (Mateus Sarará), Lucas Silva, Douglas Costa (Jhonata Robert), Campaz (Villasanti) e Ferreira (Darlan); Diego Souza (Borja). Técnico: Vagner Mancini.
São Paulo 0 Tiago Volpi; Arboleda, Miranda e Léo; Igor Gomes (Gabriel Neves), Rodrigo Nestor (Liziero), Gabriel Sara, Benítez (Igor Vinícius) e Welington (Marquinhos); Rigoni (Juan) e Calleri. Técnico: Rogério Ceni.
Árbitro: Sávio Pereira Sampaio (DF).
Conteúdo Publicitário
Comentários CORRIGIR TEXTO