Porto Alegre, segunda-feira, 25 de outubro de 2021.
Porto Alegre,
segunda-feira, 25 de outubro de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Campeonato Brasileiro

- Publicada em 25/10/2021 às 22h13min.

Grêmio perde para o Atlético-GO e chega a 27 rodadas no Z-4

Vanderson falhou no lance do primeiro gol, que deu início a vitória dos goianos

Vanderson falhou no lance do primeiro gol, que deu início a vitória dos goianos


LUCAS UEBEL/GRÊMIO FBPA/JC
Deivison Ávila
Pela 27ª rodada consecutiva, o Grêmio segue na zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro. Nesta segunda-feira (25), o tricolor gaúcho foi até o Centro-oeste para encarar o Atlético-GO. Depois de um início promissor, os comandados de Vagner Mancini sucumbiram ao Atlético-GO e acabaram derrotados por 2 a 0, pela 28ª rodada da competição. Para piorar o cenário na luta contra a degola, os próximos adversários do Imortal são Palmeiras, Atlético-MG e o clássico Grenal.
Pela 27ª rodada consecutiva, o Grêmio segue na zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro. Nesta segunda-feira (25), o tricolor gaúcho foi até o Centro-oeste para encarar o Atlético-GO. Depois de um início promissor, os comandados de Vagner Mancini sucumbiram ao Atlético-GO e acabaram derrotados por 2 a 0, pela 28ª rodada da competição. Para piorar o cenário na luta contra a degola, os próximos adversários do Imortal são Palmeiras, Atlético-MG e o clássico Grenal.
O confronto entre gaúchos e goianos começou bastante movimentado, com os visitantes propondo o jogo. A primeira grande chance gremista saiu aos 10 minutos: Douglas Costa cruzou na cabeça de Thiago Santos, que desviou com perigo. Superior, o tricolor gaúcho teve seis finalizações em meia-hora de jogo. Douglas Costa tentou duas vezes, em chutes de fora da área, já Jean Pyerre fez boa jogada pessoal, mas bateu mascado, fraquinho, facilitando a vida de Fernando Miguel.
O Grêmio finalizou outras quatro vezes, se aproximando do gol adversário. O Atlético tinha chutado apenas uma, no início da partida, mas como o futebol não é justo, aos 43, na segunda chegada, saiu o gol dos donos da casa: Cariús foi lançado por Marlon Freitas, Vanderson tomou a frente do lance, mas permitiu a chegada do lateral-esquerdo do Dragão, que ganhou o lance e tocou por baixo de Brenno. Nos acréscimos, o Atlético quase ampliou. Janderson se livrou da marcação de Paulo Miranda e chutou colocado. Brenno espalmou para escanteio.
O segundo tempo seguiu a mesma ideia da etapa inicial. Enquanto o Grêmio coordenava as ações, o Atlético apostava nos contra-ataques. No primeiro, aos três minutos, Janderson passou por Vanderson e chutou para a defesa de Brenno. Aos nove, Arnaldo, de fora da área, bateu cruzado, com perigo. Dois minutos depois, Jean Pyerre ajeitou e Villasanti bater colocado, perto do gol defendido por Fernando Miguel.
Mesmo com essa chance do volante paraguaio, a queda de rendimento gremista era visível. Com isso, Mancini mandou a campo Borja e Ferreirinha, sacando Jean Pyerre e Douglas Costa, deixando o time com dois atacantes de área.
As trocas não surtiram efeito e o Atlético seguiu criando e marcou mais uma vez. Aos 21, André Luís recebeu na área e Paulo Miranda, infantilmente, puxou a camisa do atacante. Pênalti e o segundo cartão amarelo para o zagueiro, que foi expulso, após o árbitro ser chamado pelo VAR. Cinco minutos depois de muita confusão, Marlon Freitas cobrou e fez o 2 a 0.
Aos 31, o Dragão quase marcou o terceiro: João Paulo invadiu a área e bateu, mas Brenno mandou para escanteio. Mesmo com um homem a menos, o Grêmio ainda criou três chances: Campaz e Luiz Fernando pararam em Fernando Miguel e Borja concluiu para fora. Sem forças e totalmente bagunçado, o tricolor gaúcho não conseguiu sequer descontar e deu mais um passo para a segunda divisão em 2022.
Atlético-GO 2 Fernando Miguel; Arnaldo, Wanderson, Éder e Igor Cariús; Willian Maranhão, Marlon Freitas e Janderson; André Luís (Montenegro), Zé Roberto (João Paulo) e Ronald. Técnico: Eduardo Souza (interino).
Grêmio 0 Brenno; Vanderson, Paulo Miranda, Kannemann e Rafinha; Thiago Santos, Villasanti (Luiz Fernando), Douglas Costa (Ferreira), Jean Pyerre (Borja) e Alisson; Diego Souza (Ruan). Técnico: Vagner Mancini.
Árbitro: Caio Max Augusto Vieira (RN).
Conteúdo Publicitário
Comentários CORRIGIR TEXTO