Porto Alegre, quinta-feira, 14 de outubro de 2021.
Porto Alegre,
quinta-feira, 14 de outubro de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Campeonato Brasileiro

- Publicada em 13/10/2021 às 22h51min.

Grêmio perde para o Fortaleza e Marcos Hermann não é mais o vice de futebol

De forma individual, Ferreirinha até buscou o gol, mas não conseguiu superar a zaga nordestina

De forma individual, Ferreirinha até buscou o gol, mas não conseguiu superar a zaga nordestina


LUCAS UEBEL/GRÊMIO FBPA/JC
Deivison Ávila
O Grêmio até ensaiou uma mudança de comportamento na noite desta quarta-feira (13). O interino Thiago Gomes mudou bastante o time, mas o resultado não veio. Pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Fortaleza soube controlar o ímpeto da equipe gaúcha e venceu por 1 a 0, em mais uma apresentação em que o goleiro Brenno foi o melhor em campo. A 13ª derrota na competição estaciona a equipe na penúltima colocação, com apenas 23 pontos.
O Grêmio até ensaiou uma mudança de comportamento na noite desta quarta-feira (13). O interino Thiago Gomes mudou bastante o time, mas o resultado não veio. Pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Fortaleza soube controlar o ímpeto da equipe gaúcha e venceu por 1 a 0, em mais uma apresentação em que o goleiro Brenno foi o melhor em campo. A 13ª derrota na competição estaciona a equipe na penúltima colocação, com apenas 23 pontos.
Após a partida, o vice de futebol Marcos Hermann colocou seu cargo à disposição. Afundado na zona de rebaixamento, o dirigente, que também é vice-presidente eleito da gestão Romildo Bolzan Júnior, não suportou a pressão externa e pediu demissão. Hermann assumiu o cargo em abril deste ano, quando Renato Portaluppi deixou o comando da equipe. Em sua despedida, o ex-vice de futebol avisou que o Grêmio está em busca de um novo treinador.
O tricolor gaúcho mostrou boa movimentação, mas a primeira chegada mais perigosa foi dos donos da casa. Aos seis minutos, Matheus Vargas lançou Yago Pikachu, que finalizou, mas Kannemann surgiu para travar o chute. Os gaúchos foram ameaçar aos 14: com boa transição de passes da defesa até o ataque, Lucas Silva bateu da entrada da área, mas a bola subiu e foi para fora.
Três minutos depois, o Fortaleza quase marcou com David, só que o atacante do Tricolor de Aço chutou para fora. Aos 24, o Fortaleza chegou muito perto de marcar: Matheus girou em cima de Kannemann, chutou, e a bola desviou em Rodrigues. Brenno, atento, evitou o gol em uma defesa de puro reflexo.
Mesmo com mais posse de bola, o Grêmio quase foi vazado aos 40: David recebeu dentro da área, girou sobre Ruan e bateu com perigo, passando muito perto da trave esquerda.
Lucas Silva, com um desconforto muscular na etapa inicial, não voltou para a etapa final, dando lugar a Mateus Sarará. E logo no primeiro minuto, Lucas Crespim cobrou falta frontal e Brenno se esticou todo para mandar a bola para a linha de fundo. A resposta gremista veio quatro minutos depois: Ferreirinha invadiu a área e soltou a bomba, mas bola foi na rede pelo lado de fora.
Na sequência, o Fortaleza assustou Brenno em dois lances seguidos. No primeiro, Matheus parou em defesa do goleiro gremista. No outro, David chutou para fora. Menos consistente e dando mais espaços para os donos da casa, o tricolor gaúcho passou a depender mais das jogadas isoladas de Ferreirinha.
Do outro lado, o Fortaleza seguiu ameaçando e só não abriu o marcador por causa de Brenno. Aos 29, Felipe chutou de fora da área e o goleiro voou para espalmar o que seria o gol dos nordestinos. Só que aos 33, Pikachu agitou o Castelão. A defesa gremista abriu espaço e Pikachu chutou cruzado, sem chances para Brenno. Aos 43, o goleiro gremista evitou que o chute de Éderson entrasse e a derrota fosse ainda pior. Sem forças para reagir, o Grêmio amargou mais um insucesso no Brasileirão, o 13º em 24 jogos. 
Fortaleza 1 Felipe Alves; Tinga, Marcelo Benevenuto e Titi; Yago Pikachu, Felipe, Éderson, Matheus Vargas (Romarinho) e Lucas Crispim (Bruno Melo); Robson (Henríquez) e David (Igor Torres). Técnico: Juan Vojvoda.
Grêmio 0 Brenno; Ruan (Elias), Kannemann e Rodrigues (Diego Souza); Vanderson, Lucas Silva (Mateus Sarará), Darlan, Jean Pyerre (Campaz) e Guilherme Guedes; Alisson (Éverton) e Ferreira. Técnico: Thiago Gomes (interino).
Árbitro: Vinicius Gonçalves Dias Araújo (SP).
Conteúdo Publicitário
Comentários CORRIGIR TEXTO