Porto Alegre, quarta-feira, 06 de outubro de 2021.
Porto Alegre,
quarta-feira, 06 de outubro de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Campeonato Brasileiro

- Publicada em 06/10/2021 às 23h54min.

Grêmio apenas empata com o Cuiabá e segue no Z-4

Tricolor ficou duas vezes atrás do placar e não conseguiu superar o organizado Cuiabá

Tricolor ficou duas vezes atrás do placar e não conseguiu superar o organizado Cuiabá


ASSCOM DOURADO/DIVULAGAÇÃO/JC
Deivison Ávila
Mais uma rodada na zona de rebaixamento. Na noite desta quarta-feira (6), o Grêmio recebeu o Cuiabá, na Arena, e ficou no empate em 2 a 2, pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro. Já são 23 rodadas no Z-4. A igualdade no placar fez com o que o Tricolor desperdiçasse mais uma chance de deixar a temida zona da degola. A tendência é de que ocorra mudanças, seja diretiva ou, até mesmo, na comissão técnica. 
Mais uma rodada na zona de rebaixamento. Na noite desta quarta-feira (6), o Grêmio recebeu o Cuiabá, na Arena, e ficou no empate em 2 a 2, pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro. Já são 23 rodadas no Z-4. A igualdade no placar fez com o que o Tricolor desperdiçasse mais uma chance de deixar a temida zona da degola. A tendência é de que ocorra mudanças, seja diretiva ou, até mesmo, na comissão técnica. 
Com uma escalação bem diferente da que vinha atuando nos últimos jogos, o Grêmio partiu para cima do Cuiabá desde o primeiro instante. Brenno, Kannemann e Campaz foram as novidades. No entanto, a equipe comandada por Luiz Felipe Scolari parecia ansiosa, querendo resolver tudo o mais rápido possível. E essa pressa atrapalhou o Tricolor.
A primeira chegada mais perigosa dos donos da casa saiu aos 16 minutos: Rafinha cobrou lateral na área, Diego Souza ajeitou de cabeça e Campaz chegou batendo, mas por cima do gol. Já o Cuiabá, través da juventude e da velocidade do seu ataque se propôs a jogar apenas no contra-ataque. E, aos 22, o time de Mato Grosso abriu o placar na Arena: Clayson tocou de letra para Lucas Hernández, que acionou Jenison na linha de fundo. Ele cruzou na área e Max bateu de primeira, para o fundo das redes.
O revés deixou o clima mais tenso entre torcida e jogadores. Aos 30, Douglas Costa cruzou para trás, Diego Souza fez o corta-luz, e Alisson chegou batendo de primeira, mas a bola subiu demais. Nos acréscimos, o Cuiabá quase ampliou. Clayson dividiu com Vanderson, Max ficou com a sobra e chutou com muito perigo para o gol de Brenno.
Felipão mudou o time para a segunda etapa, com as entradas de Ferreira e Churín, para as saídas de Diego Costa e Campaz. E as trocas mexeram com o estado anímico da equipe. Prova disso que, aos seis minutos, o Tricolor deixou tudo igual. Ferreirinha deu ótimo passe para Rafinha, que entrou na área e cruzou rasteiro, para Alisson finalizar de primeira.
Melhor em campo, o Grêmio quase virou aos 28: Douglas Costa avançou pela direita e levantou na área para Churín cabecear para fora, livre, de frente para o gol, perdendo uma ótima chance. E como diz o ditado, quem não faz, leva. Cinco minutos depois, Rafael Gava cobrou escanteio no primeiro pau e Marllon se antecipou à marcação e cabeceou para o fundo do gol.
Mas o Grêmio não desistiu. Aos 36, Rafinha cruzou na área e o contestado Alisson dominou livre e bateu de perna direita para deixar tudo igual. Dois minutos depois, Jean Pyerre pegou uma sobra e quase marcou o gol da virada. O Tricolor até ensaiou uma pressão, mas, desorganizado, não conseguiu superar o organizado Cuiabá.
Grêmio 2 Brenno; Vanderson, Ruan, Kannemann e Rafinha; Thiago Santos (Jean Pyerre), Lucas Silva, Douglas Costa, Campaz (Ferreira) e Alisson (Jhonata Robert); Diego Souza (Churín). Técnico: Luiz Felipe Scolari.
Cuiabá 2 Walter; João Lucas, Marllon, Alan Empereur e Lucas Hernández (Lucas Ramon); Camilo (Jonathan Cafu), Auremir, Pepê (Rafael Gava) e Max; Jenison (Elton) e Clayson (Felipe Marques). Técnico: Jorginho.
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (GO).
Conteúdo Publicitário
Comentários CORRIGIR TEXTO