Porto Alegre, terça-feira, 14 de setembro de 2021.
Aniversário da cidade de Viamão.
Porto Alegre,
terça-feira, 14 de setembro de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Campeonato Brasileiro

- Publicada em 22h11min, 13/09/2021. Atualizada em 15h44min, 14/09/2021.

Inter vence o Sport, em Recife, e se aproxima do G-6 do Brasileirão

Patrick marcou o gol da vitória logo aos três minutos de jogo, na Ilha do Retiro

Patrick marcou o gol da vitória logo aos três minutos de jogo, na Ilha do Retiro


RICARDO DUARTE/INTER/JC
Deivison Ávila
No dia do aniversário de Diego Aguirre, quem ganhou o presente foi o torcedor do Inter. Nesta segunda-feira (13), em Recife, o time do técnico uruguaio marcou cedo, venceu o Sport por 1 a 0, mas sofreu em boa parte do jogo. Com a vitória sobre os pernambucanos, o Colorado chegou ao sexto jogo sem perder, subiu para a 9ª colocação, com 26 pontos, ficando a três do G-6, que garante vaga na pré-Libertadores.
No dia do aniversário de Diego Aguirre, quem ganhou o presente foi o torcedor do Inter. Nesta segunda-feira (13), em Recife, o time do técnico uruguaio marcou cedo, venceu o Sport por 1 a 0, mas sofreu em boa parte do jogo. Com a vitória sobre os pernambucanos, o Colorado chegou ao sexto jogo sem perder, subiu para a 9ª colocação, com 26 pontos, ficando a três do G-6, que garante vaga na pré-Libertadores.
Após 15 dias sem atuar, Aguirre escalou a equipe mostrando que queria os três pontos desde o apito inicial. A opção por Caio Vidal mais à frente e apenas Lindoso como volante no meio-campo deixaram o Colorado mais ofensivo. E não demorou para os visitantes balançarem as redes. Logo aos três minutos, Patrick recebeu cruzamento rasteiro de Yuri Alberto e empurrou para o fundo das redes.
Atrás do marcador, os pernambucanos ensaiaram algumas jogadas, mas faltou o passe preciso ou o arremate caprichado. Já o Inter manteve o controle do jogo, com Edenilson livre para subir à vontade e articular alguns lances no ataque. Quem também apresentou boa movimentação na etapa inicial foi Maurício. Nitidamente, ele foi orientado a repetir o que Taison vinha fazendo.
Só quer nos cinco minutos finais, o Leão da Ilha caprichou um pouco e assustou com André, aos 41, depois de um chute despretensioso, ele acertou o travessão. E, nos acréscimos, Everton Felipe cobrou escanteio, Marcão cabeceou, mas Daniel soqueou para não se complicar.
O Sport desfez o esquema com três zagueiros e o técnico paraguaio Gustavo Florentin sacou Sabino, com dores, e colocou Paulinho Moccelin. Já o Inter voltou com Guerrero na vaga de Caio Vidal. A troca dos pernambucanos mudou o comportamento da equipe. Nos primeiros dez minutos, Mikael criou duas boas chances, mas bateu para fora. O Inter seguiu recuado e o Sport pressionando.
Os visitantes só foram levar perigo aos 20 minutos. Na primeira chegada efetiva da etapa final, Yuri Alberto até marcou o segundo gol, mas o atacante estava impedido. Aos 27, em contra-ataque rápido, Patrick acionou Yuri Alberto, que deixou Guerrero na cara do gol, mas o peruano concluiu fraquinho.
A resposta do Sport foi imediata. Sander cruzou na cabeça de Mikael, que mandou no cantinho esquerdo. Daniel voou para fazer um milagre na Ilha do Retiro. Sem conseguir definir o resultado, o Inter quase cedei o empate aos 35: após cruzamento da direita, Tréllez, dentro da área, bateu de primeira e acertou a trave.
A ineficiência do ataque e a timidez do meio-campo colorado tornaram os minutos finais dramáticos. Aos 47, Daniel, nome da partida, salvou a vitória defendendo mais umaconclusão de Tréllez. O apito final do árbitro soou como um alívio para o torcedor colorado.
Sport 0 Mailson; Hayner, Sabino (Paulinho Moccelin), Rafael Thyere, Chico e Sander; Marcão, José Welison (Tréllez) e Everton Felipe (Everaldo); Mikael e André (Thiago Neves). Técnico: Gustavo Florentín.
Inter 1 Daniel; Saravia, Bruno Méndez, Víctor Cuesta e Moisés; Rodrigo Lindoso, Edenilson, Mauricio (Johnny), Patrick e Caio Vidal (Guerrero); Yuri Alberto (Heitor). Técnico: Diego Aguirre.
Árbitro: Andre Luiz de Freitas Castro (GO).
Comentários CORRIGIR TEXTO
Conteúdo Publicitário