Porto Alegre, domingo, 12 de setembro de 2021.
Porto Alegre,
domingo, 12 de setembro de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Boxe

- Publicada em 21h20min, 12/09/2021.

Vitor Belfort e Anderson Silva vencem Evander Holyfield e Tito Ortiz por nocaute

Belfort conseguiu a vitória por nocaute técnico logo no primeiro round na luta contra Holyfield

Belfort conseguiu a vitória por nocaute técnico logo no primeiro round na luta contra Holyfield


CHANDAN KHANNA/AFP/JC
A noite de sábado foi marcada por esperados encontros no mundo da nobre arte. Com dois brasileiros nos ringues, a expectativa era alta na cidade de Hollywood, na Flórida, nos Estados Unidos. Vitor Belfort e Anderson Silva, que fizeram grande sucesso nos octógonos, migraram para o boxe e conquistaram bons resultados com vitórias rápidas no card principal.
A noite de sábado foi marcada por esperados encontros no mundo da nobre arte. Com dois brasileiros nos ringues, a expectativa era alta na cidade de Hollywood, na Flórida, nos Estados Unidos. Vitor Belfort e Anderson Silva, que fizeram grande sucesso nos octógonos, migraram para o boxe e conquistaram bons resultados com vitórias rápidas no card principal.
O primeiro a lutar foi Anderson Silva. O "Spider" enfrentou o norte-americano Tito Ortiz, também ex-campeão de MMA. Ambos têm 46 anos. E a vitória do brasileiro veio rápido. Com pouco mais de um minuto de luta, Anderson Silva conseguiu um nocaute, após aplicar um cruzado.
Em seguida, foi a vez de Vitor Belfort subir ao ringue. E o adversário era Evander Holyfield, pentacampeão mundial dos pesos pesados. Mas, aos 58 anos, Holyfield já não é o mesmo e enfrentou um pugilista 14 anos mais novo, apresentando limitações físicas para seguir o ritmo do adversário na luta.
Belfort conseguiu a vitória por nocaute técnico logo no primeiro round. Holyfield foi duas vezes ao chão, antes do brasileiro sacramentar o triunfo após seguidos golpes. Holyfield foi chamado de última hora para substituir Oscar de la Hoya, que contraiu o novo coronavírus e não pôde participar do evento.
Mais jovem, o lutador de MMA demonstrou ter uma forma física bem superior e castigou a lenda do boxe desde o início, levando ao chão ainda na metade do primeiro round. Holyfield ainda conseguiu se levantar e o combate teve sequência, com Belfort voltando a castigá-lo. Após a segunda queda do norte-americano, o juiz decidiu encerrar por considerar que o veterano não tinha mais condições de seguir. "Acho que foi uma decisão ruim do árbitro. Não acho que o árbitro deveria ter parado a luta tão rápido", criticou Holyfield.
No card preliminar, outro brasileiro levou a melhor. Eliezer Silva bateu o norte-americano Terry Roscoe, após decisão unânime da arbitragem. Nos pontos, o pugilista brasileiro somou 39 contra 36, sendo melhor ao longo de toda a luta, com maior eficiência nos golpes.

Belfort desafia o youtuber norte-americano Jake Paul

Horas depois da sua luta, Belfort desafiou o youtuber Jake Paul, que vem fazendo alguns duelos na nobre arte. Já Holyfield, que tem 58 anos e é considerado uma lenda do boxe, criticou o juiz da luta com Belfort por interromper o embate.
"Tem esse garoto e nós temos US$ 25 milhões (R$ 131 milhões). O vencedor leva tudo! Vamos lá! Ei, Jake Paul, pare de fugir de mim, cara. Eu vou te ensinar uma lição. Você pode ser meu filho. Você vai encontrar o papai aqui no Triller. Pare de correr! Você é uma cadela", disse Belfort. O brasileiro tem 44 anos, enquanto o youtuber norte-americano tem 24.
Jake Paul tem um "cartel" de cinco lutas de exibição no boxe. Já derrotou os youtubers Deji Olatunji e AnEsonGib, o ex-jogador da NBA Nate Robinson e os ex-lutadores de UFC Ben Askren e Tyron Woodley. Em entrevista recente, disse ter vontade de enfrentar Tommy Fury, boxeador profissional e irmão de Tyson Fury, campeão mundial dos pesos-pesados.
Comentários CORRIGIR TEXTO
Conteúdo Publicitário