Porto Alegre, terça-feira, 31 de agosto de 2021.
Dia do Nutricionista.
Porto Alegre,
terça-feira, 31 de agosto de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Copa do Brasil

- Publicada em 19h16min, 31/08/2021.

Copa do Brasil: Flamengo negocia para liberar torcida contra o Grêmio, no Maracanã

Time de Renato Portaluppi quer contar com o apoio da torcida no Maracanã

Time de Renato Portaluppi quer contar com o apoio da torcida no Maracanã


ALEXANDRE VIDAL/FLAMENGO/CBF
Após conseguir levar público para dois jogos no Mané Garrincha, em Brasília (DF), o Flamengo volta seus esforços para contar com o apoio de parte de sua torcida no Maracanã. O presidente Rodolfo Landim conversa com o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, para que o estádio possa receber ao menos uma fatia de sua capacidade diante do Grêmio, no dia 15 de setembro, pelo jogo da volta das quartas de final da Copa do Brasil. Na partida de ida, o Mengão goleou o Tricolor por 4 a 0 em Porto Alegre.
Após conseguir levar público para dois jogos no Mané Garrincha, em Brasília (DF), o Flamengo volta seus esforços para contar com o apoio de parte de sua torcida no Maracanã. O presidente Rodolfo Landim conversa com o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, para que o estádio possa receber ao menos uma fatia de sua capacidade diante do Grêmio, no dia 15 de setembro, pelo jogo da volta das quartas de final da Copa do Brasil. Na partida de ida, o Mengão goleou o Tricolor por 4 a 0 em Porto Alegre.
A expectativa na Gávea é que Paes publique um decreto até sexta-feira (3), porém o Rubro-negro espera a liberação de um percentual que seja suficiente para cobrir os custos da operação. Caso não consiga ter seu pedido atendido, o clube carioca não descarta levar a partida diante do Tricolor para uma outra praça.
A diretoria rubro-negra se vale de uma decisão do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), que assegurou às agremiações o direito de mandar jogos em locais que permitam plateia.
O Rio já havia autorizado a retomada da até 10% de público, mas o Flamengo não se viu atendido pela decisão e preferiu encarar o Olimpia (PAR) na capital federal. Os rubro-negros consideraram o evento bem-sucedido e entendem que as medidas sanitárias foram cumpridas à risca.
Diante da explosão da variante Delta, o prefeito recuou na medida e vetou qualquer liberação. Os dados epidemiológicos estão sendo avaliados dia a dia e serão determinantes para a decisão.
Comentários CORRIGIR TEXTO
Conteúdo Publicitário