Porto Alegre, sexta-feira, 20 de agosto de 2021.
Dia do Maçom.
Porto Alegre,
sexta-feira, 20 de agosto de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Futebol

- Publicada em 12h27min, 20/08/2021.

Para reduzir gastos, Inter demite 45 funcionários

Conforme a direção, "se o presente é difícil, o futuro pode ser pior", se medidas não forem tomadas

Conforme a direção, "se o presente é difícil, o futuro pode ser pior", se medidas não forem tomadas


MARIANA ALVES/JC
Vivendo uma situação financeira muito delicada, o Inter tem buscado formas de reduzir as despesas correntes do clube para, assim, evitar que o cenário de dificuldade se aprofunde ainda mais. Atualmente, o Colorado tem cerca de R$ 282 milhões em dívidas a curto prazo(devem ser pagas ainda em 2021). Em nota divulgada na manhã desta sexta-feira (20), a direção colorada comunicou a demissão de 45 funcionários do clube, além de outras medidas com vistas a diminuir os custos.
Vivendo uma situação financeira muito delicada, o Inter tem buscado formas de reduzir as despesas correntes do clube para, assim, evitar que o cenário de dificuldade se aprofunde ainda mais. Atualmente, o Colorado tem cerca de R$ 282 milhões em dívidas a curto prazo(devem ser pagas ainda em 2021). Em nota divulgada na manhã desta sexta-feira (20), a direção colorada comunicou a demissão de 45 funcionários do clube, além de outras medidas com vistas a diminuir os custos.
Além da demissão dos trabalhadores, o Inter anunciou outras três medidas: revisão de todos os contratos com fornecedores estratégicos; reavaliação de rotinas, processos e sistemas; e redução de gastos correntes não essenciais.
No início de abril, outros 60 funcionários haviam sido desligados pelo clube. Em meados de 2020, outros 44 funcionários tinham sido demitidos. Assim, ao todo, desde o início da pandemia, somando os desligamentos desta sexta-feira, o Inter já demitiu 149 funcionários em pouco mais de um ano.

Confira a nota oficial do Inter sobre as demissões desta sexta-feira:

Conforme a direção, as decisões anunciadas nesta sexta-feira são "para construir um amanhã sólido, sustentável e vencedor para o clube". "Porque se o presente é difícil, o futuro pode ser pior se não fizermos o que precisa ser feito agora", diz a nota assinada pelo CEO do clube, Giovane Zanardo (confira na íntegra abaixo).
Desde o início, a atual gestão colorada tem demonstrado, de forma transparente, sua preocupação com a realidade financeira do Clube e com a necessidade de buscar maior eficiência administrativa e operacional.
Mas não basta reconhecer o problema, é preciso construir as soluções. Passo a passo, estamos realizando uma reestruturação administrativa, revisando processos, reavaliando fontes de receitas e fazendo os ajustes financeiros necessários para atender as necessidades da nossa estrutura, em todos os setores.
Nesta direção, o Sport Club Internacional comunica a implementação e acompanhamento, a partir de hoje, de uma nova série de medidas administrativas, tais como:
  • Revisão de todos os contratos com fornecedores estratégicos;
  • Desligamento de cerca de 45 colaboradores, de todas as áreas;
  • Reavaliação de rotinas, processos e sistemas;
  • Redução de gastos correntes não essenciais.
São decisões que tomamos hoje para construir um amanhã sólido, sustentável e vencedor para o Clube. Porque se o presente é difícil, o futuro pode ser pior se não fizermos o que precisa ser feito agora. Lembrando, sempre, que administramos em nome da torcida e é por ela, e para ela, que devemos gerir o Inter com responsabilidade, honestidade, amor e compromisso com o futuro do clube.
Giovane Zanardo
CEO do Internacional
Comentários CORRIGIR TEXTO
Conteúdo Publicitário