Porto Alegre, quarta-feira, 23 de junho de 2021.
Dia Nacional do Agente Marítimo.
Porto Alegre,
quarta-feira, 23 de junho de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Copa América

- Publicada em 23h07min, 23/06/2021. Atualizada em 23h21min, 23/06/2021.

Em jogo equilibrado, Brasil vence a Colômbia nos acréscimos

Casemiro marcou de cabeça, aos 54 minutos do segundo tempo, e garantiu a vitória brasileira

Casemiro marcou de cabeça, aos 54 minutos do segundo tempo, e garantiu a vitória brasileira


MAURO PIMENTEL/AFP/JC
Deivison Ávila
Finalmente, o Brasil encontrou uma equipe que demonstrou dificuldade para o time de Tite impor seu futebol. Nesta quarta-feira (23), a seleção enfrentou a Colômbia, pela 4ª rodada da Copa América, no Nilton Santos, no Rio de Janeiro, e conseguiu uma vitória com um gol aos 54 minutos da etapa final. O 2 a 1 confirmou a primeira colocação no Grupo B, que ainda tem o Equador, domingo, como adversário para fechar a fase de grupos.
Finalmente, o Brasil encontrou uma equipe que demonstrou dificuldade para o time de Tite impor seu futebol. Nesta quarta-feira (23), a seleção enfrentou a Colômbia, pela 4ª rodada da Copa América, no Nilton Santos, no Rio de Janeiro, e conseguiu uma vitória com um gol aos 54 minutos da etapa final. O 2 a 1 confirmou a primeira colocação no Grupo B, que ainda tem o Equador, domingo, como adversário para fechar a fase de grupos.
Um bom resumo para a primeira etapa do duelo entre brasileiros e colombianos foi um nó tático de Reinado Rueda sobre Tite. O Brasil não criou nenhuma chance claro de gol durante os 45 minutos iniciais. A partida teve muita disputa, muito combate e briga pela bola, no entanto, pouco futebol.
Os dois times até demonstraram vontade, mas não conseguiram traduzir esse ímpeto em oportunidades de gol. Exceto no único grande momento ocorrido aos nove minutos: após um bom cruzamento de Cuadrado, pela direita, Luiz Díaz acertou uma linda bicicleta para marcar o único gol da etapa inicial.
Foi o primeiro gol sofrido pelos comandados de Tite nos últimos cinco jogos. O desafio da seleção é reverter um placar. Das 42 vitórias do time canarinho com Tite, apenas três foram de virada: Uruguai (2017), República Tcheca (2019) e Peru (2020).
O Brasil voltou com três atacantes para a etapa final. Tite sacou Everton Ribeiro e colocou Firmino em campo. O Brasil ganhou em volume de jogo, mas faltou precisão nos arremates a gol. Aos oito minutos, Neymar recebeu ótimo lançamento de Thiago Silva, dentro da área, se esticou todo para tocar na bola, mas a finalização saiu fraca.
Três minutos depois, Neymar avançou em velocidade pelo meio, se livrou marcação e chutou forte no canto, mas a bola saiu. O camisa 10 estava com vontade de marcar o dele. Aos 20, Firmino deu ótima assistência para Neymar. Ele driblou Ospina e finalizou na trave.
E de tanto insistir, o Brasil chegou ao gol de empate, aos 32: a bola bateu no árbitro Néstor Pitana e sobrou para Lucas Paquetá que tocou para Renan Lodi, na esquerda. Ele cruzou na medida para Roberto Firmino cabecear firme e ainda contar com a colaboração de Ospina, que não segurou. Após muita reclamação dos colombianos, o jogo reiniciou.
E quando tudo parecia se encaminhar para um empate, os 10 minutos de acréscimo ajudaram a seleção brasileira. Aos 54 minutos, Neymar cobrou escanteio, a zaga colombiana ficou parada e Casemiro surgiu entre os defensores para cabecear com força para o fundo das redes e decretar a vitória do Brasil.

Escalação

Brasil: Weverton; Danilo, Marquinhos, Thiago Silva e Alex Sandro (Renan Lodi); Casemiro; Richarlison (Gabigol), Éverton Ribeiro, Fred (Lucas Paquetá) e Neymar; Gabriel Jesus (Everton Cebolinha). Técnico: Tite.
Colômbia: Ospina; Daniel Muñoz, Mina, Davinson Sánchez e Tesillo; Barrios, Mateus Uribe, Cuadrado e Luis Díaz (Murillo); Duván Zapata (Borja) e Borré (Cuellár). Técnico: Reinado Rueda.
Árbitro: Néstor Pitana (ARG).
Comentários CORRIGIR TEXTO
Conteúdo Publicitário