Porto Alegre, domingo, 06 de junho de 2021.
Porto Alegre,
domingo, 06 de junho de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Campeonato Brasileiro

- Publicada em 18h07min, 06/06/2021. Atualizada em 20h42min, 06/06/2021.

Inter é dominado e sofre goleada de 5 a 1 do Fortaleza no brasileirão

Bruno Praxedes marcou o único gol colorado na derrota de 5 a 1

Bruno Praxedes marcou o único gol colorado na derrota de 5 a 1


RICARDO DUARTE/INTER/DIVULGAÇÃO/JC
Vinicius Alves
Pela 2ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Inter foi goleado fora de casa para o Fortaleza por 5 a 1 neste domingo (6). Com a derrota, o Colorado segue sem vencer e amarga momentaneamente a 15ª posição com um ponto. Já os cearenses chegaram a sua 17ª partida seguida sem perder e assumiram a liderança do Campeonato Brasileiro com seis pontos.
Pela 2ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Inter foi goleado fora de casa para o Fortaleza por 5 a 1 neste domingo (6). Com a derrota, o Colorado segue sem vencer e amarga momentaneamente a 15ª posição com um ponto. Já os cearenses chegaram a sua 17ª partida seguida sem perder e assumiram a liderança do Campeonato Brasileiro com seis pontos.
A escalação inicial do Inter apresentou sete mudanças em relação a vitória de 1 a 0 sobre o Vitória-BA na terceira fase da Copa do Brasil. Titulares na quinta-feira, Daniel, Victor Cuesta, Lucas Ribeiro, Renzo Saravia, Johnny, Edenilson e Taison deram lugar a Marcelo Lomba, Pedro Henrique, Zé Gabriel, Heitor, Rodrigo Lindoso, Nonato e Bruno Praxedes.
O jogo
Durante o primeiro tempo, o Inter não conseguiu impor seu estilo de jogo sobre os donos da casa e se viu dominado pelo organizado time do Fortaleza, que soube pressionar a saída de bola colorada e não deu chances aos visitantes.
Os dois gols dos cearenses saíram em duas bolas paradas. Na primeira, aos 17, o zagueiro Titi marcou no rebote após cobrança de falta do meia Lucas Crispim que bateu na trave. Inicialmente o gol foi anulado por impedimento do zagueiro, mas depois de checagem no VAR, o árbitro da partida validou o gol. Antes disso, os donos da casa ainda tiveram a oportunidade de abrir o placar logo aos dois minutos de partida, mas Matheus Vargas chutou para fora depois de receber às costas da zaga colorada.
Apesar dos 59% de posse de bola, o Inter não conseguiu transformá-la em chances de gol. O Fortaleza acabou o primeiro tempo com 8 finalizações, sendo 4 delas no gol de Marcelo Lomba. Numa delas, aos 38 minutos, o goleiro colorado fez milagre após o atacante David entrar livre na área pelo lado direito de defesa.
Sete minutos depois, em outra cobrança de falta, Robson marcou livre de cabeça para ampliar o placar e encaminhar a vitória cearense. A essa altura, o Inter seguia apático na partida e ficou numa situação ainda mais difícil quando o zagueiro Pedro Henrique foi expulso ao cometer a falta que originou o segundo gol. Inicialmente o arbitro havia amarelado o jogador, mas depois de nova checagem ao VAR, entendeu que o lance era para vermelho. O Inter terminou o primeiro tempo com 14 faltas cometidas e três cartões amarelos.
Poupado inicialmente, o zagueiro Victor Cuesta entrou no time para o segundo tempo. Ramirez promoveu a entrada do jogador buscando completar a linha de quatro jogadores de defesa que se viu desfalcada com a expulsão de Pedro Henrique.
Assim como o primeiro tempo, o Fortaleza seguiu tomando as ações ofensivas da partida, não dando chances ao Inter. O terceiro gol cearense saiu logo no início da etapa complementar, aos 2 minutos e meio, gerado numa cobrança de lateral nas costas de Moisés. Yago Pikachu recebeu dentro da área e ampliou o placar com um golaço.
O Inter se viu obrigado a partir para o ataque com a desvantagem de 3 a 0, o que abriu ainda mais espaços ao Fortaleza que soube aproveitar bem os contra-ataques. Foi em um deles que se originou o quarto gol dos donos da casa, marcado contra por Zé Gabriel ao tentar cortar um cruzamento de Robson, aos nove minutos.
Com o 4 a 0, Ramirez promoveu as entradas de Renzo Saravia e Edenilson no jogo. O gol de honra colorado saiu logo em seguida, aos 16, numa cobrança de falta de Moisés que resultou no cabeceio de Bruno Praxedes para o gol.
O Fortaleza não se abateu pelo gol sofrido e seguiu dominante no restante da partida. O Inter até que tentou, mas não conseguiu construir mais nenhuma grande chance de gol e viu os donos da casa cada vez mais próximos do quinto gol, que saiu aos 40 minutos com Wellington Paulista de cabeça para sacramentar a goleada de 5 a 1.
Após duas rodadas de campeonato, o Inter soma um ponto e aparece momentaneamente na 15ª posição. O colorado volta a campo no meio da semana pela terceira fase da Copa do Brasil, diante do Vitória-BA, no Beira-Rio. Qualquer empate ou vitória classifica o clube para as oitavas de final da competição.
FICHA TÉCNICA 
Fortaleza 5
Felipe Alves; Tinga, Marcelo Benevenuto, Titi (Ronald) e Felipe (Éderson); Matheus Jussa, Matheus Vargas (Luiz Henrique) e Yago Pikachu; Lucas Crispim, Robson (Wellington Paulista) e David (Romarinho). Técnico: Juan Vojvoda.
Inter 1
Marcelo Lomba, Heitor (Saravia), Pedro Henrique, Zé Gabriel e Moisés; Rodrigo Lindoso (Johnny), Nonato (Boschilia) e Bruno Praxedes; Patrick (Edenilson), Caio Vidal (Victor Cuesta) e Yuri Alberto. Técnico: Miguel Ángel Ramírez.
Árbitro: Paulo Roberto Alves Júnior (PR)
Comentários CORRIGIR TEXTO
Conteúdo Publicitário