Porto Alegre, quinta-feira, 29 de abril de 2021.
Porto Alegre,
quinta-feira, 29 de abril de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Copa Sul-Americana

- Publicada em 23h26min, 29/04/2021. Atualizada em 23h32min, 29/04/2021.

Grêmio volta ao La Fortaleza e vence o Lanús por 2 a 1, pela Sul-Americana

Melhor em campo, Ferreirinha marcou aos 43 minutos da etapa final e garantiu a vitória gremista

Melhor em campo, Ferreirinha marcou aos 43 minutos da etapa final e garantiu a vitória gremista


AGUSTIN MARCARIAN/AFP/JC
Deivison Ávila
Nesta quinta-feira (29), o Grêmio voltou ao La Fortaleza e venceu mais uma vez o Lanús. Na reedição da final da Libertadores de 2017, o Tricolor saiu na frente, deixou o time argentino empatar, mas Ferreirinha apareceu no fim para marcar o gol da vitória, pela 2ª rodada da Copa Sul-Americana. Com o triunfo por 2 a 1, o Tricolor assumiu a liderança isolada do Grupo H, com seis pontos. Na outra partida da chave, na Colômbia, o La Equidad bateu os venezuelanos do Aragua também por 2 a 1.
Nesta quinta-feira (29), o Grêmio voltou ao La Fortaleza e venceu mais uma vez o Lanús. Na reedição da final da Libertadores de 2017, o Tricolor saiu na frente, deixou o time argentino empatar, mas Ferreirinha apareceu no fim para marcar o gol da vitória, pela 2ª rodada da Copa Sul-Americana. Com o triunfo por 2 a 1, o Tricolor assumiu a liderança isolada do Grupo H, com seis pontos. Na outra partida da chave, na Colômbia, o La Equidad bateu os venezuelanos do Aragua também por 2 a 1.
O primeiro tempo foi tranquilo para o time de Tiago Nunes. Sem ser ameaçado, o goleiro Brenno não foi exigido em momento algum. Os argentinos mostraram as mesmas falhas defensivas conhecidas dos gaúchos. O Grêmio não apresentou um bom volume de jogo, mas criou o suficiente para pular na frente do placar.
Aos 33 minutos, em um contra-ataque fulminante, Matheus Henrique roubou a bola no campo defensivo e acionou Ferreira. O atacante deixou Aude para trás, entrou na área e cruzou rasteiro para Léo Pereira só escorar para o fundo das redes.
A etapa final foi bem melhor tecnicamente. O Tricolor quase ampliou o marcador logo no primeiro minuto de bola rolando. Ferreira lançou Léo Pereira nas costas da defesa. O atacante partiu em velocidade, mas o goleiro Morales sai e tirou de carrinho para lateral. Aos nove minutos, após tabela com Cortez, Ferreirinha cruzou, Diego Souza brigou na área, dominou, girou e acertou a trave.
Precisando correr atrás do prejuízo, o Lanús finalmente ameaçou o gol gremista. Aos 23 minutos, Bernabei bateu cruzado de fora da área. Brenno fez uma boa defesa e Orsini chegou no rebote, mas não conseguiu dominar. Só que no minuto seguinte, o goleiro do Grêmio não evitou o gol de empate: De la Vega dominou na meia-lua e tocou mais à frente para Bernabei, que ajeitou para Belmonte, de dentro da área, tocar com categoria para marcar.
Com o gol sofrido, o Grêmio recuou e os donos da casa partiram para cima. Aos 30, foi a vez de Orsini. Ele recebeu na meia direita e bateu forte. Brenno voou para evitar a virada.
E quando tudo se encaminhava para um empate, aos 43 minutos, Luiz Fernando invadiu a área e rolou para Thiago Santos. O volante dominou de costas e ajeitou para a finalização de Ferreirinha, sem chances para Morales, definindo o placar em La Fortaleza.
Lanús 1 Morales; José Gómez (Aguirre), Thaller, Burdisso e Aude (Alexis Pérez); Belmonte, Facundo Pérez (Orsini), Esquivel (Quignón), Pedro De La Veja e Bernabéi; Sand. Técnico: Luiz Zubeldia.
Grêmio 2 Brenno; Rafinha, Geromel, Ruan e Cortez; Thiago Santos, Matheus Henrique (Lucas Silva), Léo Pereira (Luiz Fernando), Jean Pyerre (Maicon) e Ferreira; Diego Souza (Churín). Técnico: Tiago Nunes.
Árbitro: Piero Maza (COL).
Comentários CORRIGIR TEXTO
Conteúdo Publicitário