Porto Alegre, domingo, 18 de abril de 2021.
Dia Nacional do Livro Infantil.
Porto Alegre,
domingo, 18 de abril de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Campeonato Gaúcho

- Publicada em 21h54min, 18/04/2021. Atualizada em 22h00min, 18/04/2021.

Grêmio bate o Novo Hamburgo e assume a liderança do Gauchão

Diego Souza foi o artilheiro da noite, com dois gols na vitória gremista, na Arena

Diego Souza foi o artilheiro da noite, com dois gols na vitória gremista, na Arena


LUCAS UEBEL/GRÊMIO/FBPA/JC
Deivison Ávila
O Grêmio votou a campo 48 horas depois do empate sem gols com o Caxias. Na noite deste domingo (18), o time comandado pelo técnico interino Thiago Gomes não desperdiçou as chances que surgiram e venceram com facilidade o Novo Hamburgo por 3 a 1, pela 10ª rodada do Campeonato Gaúcho. A vitória colocou o Tricolor na liderança da competição e confirmou a classificação à semifinal do Estadual. O próximo compromisso gremista será os colombianos do La Equidad, na quinta-feira, às 19h15min, na Arena, pela Copa Sul-Americana.
O Grêmio votou a campo 48 horas depois do empate sem gols com o Caxias. Na noite deste domingo (18), o time comandado pelo técnico interino Thiago Gomes não desperdiçou as chances que surgiram e venceram com facilidade o Novo Hamburgo por 3 a 1, pela 10ª rodada do Campeonato Gaúcho. A vitória colocou o Tricolor na liderança da competição e confirmou a classificação à semifinal do Estadual. O próximo compromisso gremista será os colombianos do La Equidad, na quinta-feira, às 19h15min, na Arena, pela Copa Sul-Americana.
O time da capital começou pressionando em busca do primeiro gol. Em um minuto, o Tricolor perdeu duas chances para abrir o placar. Aos dez, Diego Souza rolou a bola para Alisson, dentro da área, e ele carimbou Marcão. Na sequência, Rodrigues avançou pelo meio, tabelou com Diego Souza, driblou o goleiro Nicolas e chutou. Marcão, mais uma vez, salvou o Noia.
Só que aos 26, os donos da casa conseguiram vencer a retranca do time do Vale dos Sinos: Jean Pyerre recebeu de Ferreira, viu o goleiro Nicolas adiantado e chutou. A bola desviou e caiu no fundo das redes. O gol sofrido desconcentrou o Novo Hamburgo. Prova disso que, aos 32, o time saiu jogando errado, Jean Pyerre ficou com a bola e deu um passe açucarado para Diego Souza tirar do goleiro e chutar para o gol vazio. Dois minutos depois, novo erro anilado e Matheus Henrique invadiu a área e soltou a bomba, acertando a trave.
O Novo Hamburgo voltou para a etapa final com vontade de ao menos descontar. Logo no segundo minuto de bola rolando, Renan cruzou rasteiro da esquerda e Hélio Paraíba, embaixo da trave, chutou por cima. No lance seguinte, Rodrigues errou na saída de bola e Hélio Paraíba chutou para grande defesa de Brenno.
A primeira chegada mais perigosa dos donos da casa saiu aos 13 minutos: Ferreirinha bateu de fora da área e Nicolas voou para espalmar pela linha de fundo. Mas, no lance seguinte, o Noia errou novamente na saída de bola, Vanderson entrou a dribles na área e foi derrubado por Camargo. Diego Souza cobrou o pênalti e marcou o segundo dele, terceiro do Tricolor.
O Grêmio seguiu infinitamente melhor. Aos 31, Alisson cobrou falta frontal e acertou o travessão. Já o Noia se esforçava e foi recompensando no minuto seguinte: após cobrança de escanteio, a zaga gremista não afastou e Kayron descontou, dando números finais ao confronto.
Grêmio 3 Brenno; Vanderson (Rafinha), Rodrigues, Ruan e Cortez; Thiago Santos (Victor Bobsin), Matheus Henrique, Alisson (Léo Pereira), Jean Pyerre (Léo Chú) e Ferreira (Pepê); Diego Souza. Técnico: Thiago Gomes.
Novo Hamburgo 1 Nicolas; Chicão, Igor, Marcão (Felipe Chaves) e Rennan; Bertotto, Rafael Carrilho e Elias (Camargo); Maurinho (Eliomar), Hélio Paraíba (Kayron) e Claudinho (Matheus Lagoa). Técnico: Márcio Nunes.
Árbitro: Jean Pierre Gonçalves Lima.
Comentários CORRIGIR TEXTO
Conteúdo Publicitário