Porto Alegre, quinta-feira, 25 de março de 2021.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quinta-feira, 25 de março de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Campeonato Gaúcho

- Publicada em 00h11min, 25/03/2021. Atualizada em 00h13min, 25/03/2021.

Inter vence o Caxias com gols de Edenilson e Galhardo

Edenilson saiu do banco de reservas e marcou o primeiro gol da vitória colorada por 2 a 0, no Beira-Rio

Edenilson saiu do banco de reservas e marcou o primeiro gol da vitória colorada por 2 a 0, no Beira-Rio


RICARDO DUARTE/INTER/JC
Deivison Ávila
O Inter venceu mais uma no Campeonato Gaúcho. Nesta quarta-feira (24), o time de Miguel Ángel Ramírez não fez uma boa primeira etapa, mas, no segundo tempo, o time melhorou com as entradas de Edenilson e Yuri Alberto, e acabou vencendo a boa equipe do Caxias por 2 a 0, pela 6ª rodada. A terceira vitória seguida sob o comando do técnico espanhol deixa o Colorado na liderança do Gauchão.
O Inter venceu mais uma no Campeonato Gaúcho. Nesta quarta-feira (24), o time de Miguel Ángel Ramírez não fez uma boa primeira etapa, mas, no segundo tempo, o time melhorou com as entradas de Edenilson e Yuri Alberto, e acabou vencendo a boa equipe do Caxias por 2 a 0, pela 6ª rodada. A terceira vitória seguida sob o comando do técnico espanhol deixa o Colorado na liderança do Gauchão.
Seguindo o período de testes, o Inter foi a campo com mudanças em todos os setores. As principais foram os retornos de Marcelo Lomba e Rodrigo Dourado entre os titulares, além de Paolo Guerrero, que voltou a iniciar um jogo depois de sete meses, quando sofreu uma grave lesão no joelho direito.
O Colorado começou em cima, pressionando a equipe da Serra. Logo aos cinco minutos, Nonato acionou Praxedes, que limpou e bateu forte, assustando Marcelo Pitol. Aos onze, Guerrero cobrou falta no capricho e acertou o travessão. Aos 24, Caio Vidal cruzou para Guerrero, que ajeitou para Heitor soltar a bomba. Pitol se esticou todo e fez grande defesa.
O Inter teve mais posse de bola, mas faltou um pouco de criatividade no meio-campo. Já o Caxias quase não ameaçou. Para dizer que o Grená não chutou a gol, aos 44, Mazola recebeu na área, tirou a marcação, mas a batida saiu fraca para fácil defesa de Lomba.
O segundo tempo testava amarrado, com o Inter repetindo a posse de bola da etapa inicial, mas sem agredir. Então, Ramírez, aos poucos, começou a colocar em campo algumas peças essenciais do elenco. E foi uma delas que fez a diferença para abrir o marcador. Aos 23 minutos, Maurício recebeu na direita, se livrou do defensor e cruzou para Edenilson. O camisa 8 dominou e chutou colocado, sem chances para Pitol.
As trocas melhoraram e muito o Colorado. Mesmo assim, o Caxias quase empatou aos 34: Milla cruzou e Giovane Gomez surgiu às costas de Heitor e cabeceou com perigo, mas para fora.
O jogo ganhou em movimentação nos minutos finais. Aos 41, Edenilson cruzou rasteiro e Yuri Alberto acertou o travessão. O Caxias ainda teve o zagueiro Guilherme Mattis expulso e, mesmo assim, saiu em busca do empate. Aos 45, Giovane Gomez apareceu livre diante de Lomba e soltou a bomba, mas o goleiro colorado salvou.
Só que num contra-ataque, o Inter matou o jogo. Dois minutos depois, após troca passes dentro da área, Maurício deu mais uma assistência e Galhardo não perdoou, dando números finais ao confronto.
O Colorado volta a campo no próximo sábado, às 20h, quando visita o Brasil de Pelotas.
Inter 2 Marcelo Lomba; Heitor (Rodinei), Zé Gabriel, Lucas Ribeiro e Léo Borges; Rodrigo Dourado, Nonato (Edenilson) e Praxedes (Yuri Alberto); Caio Vidal, Guerrero (Thiago Galhardo) e Patrick (Maurício). Técnico: Miguel Ángel Ramírez.
Caxias 0 Marcelo Pitol; Eduardo Diniz (Tontini), Guilherme Mattis, Thiago Sales e Bruno Ré; Juliano, Marlon, Jhon Cley (Gustavo Ramos), Diogo Oliveira (Matheuzinho) e Mazola (Milla); Giovane Gomez. Técnico: Lacerda.
Árbitro: Douglas Schwengber da Silva.
Comentários CORRIGIR TEXTO