Porto Alegre, sexta-feira, 19 de fevereiro de 2021.
Dia do Esportista.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
sexta-feira, 19 de fevereiro de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Grêmio

- Publicada em 19h25min, 19/02/2021.

'Tenho certeza absoluta que vamos ganhar a Copa do Brasil', diz Romildo

Presidente mostrou desconforto com a campanha do time no Brasileirão

Presidente mostrou desconforto com a campanha do time no Brasileirão


LUCAS UEBEL /GRÊMIO FBPA/JC
O Grêmio ainda tem dois jogos pelo Campeonato Brasileiro antes da primeira partida da decisão da Copa do Brasil. No entanto, todos os olhos, corações e mentes tricolores estão voltados para os confrontos contra o Palmeiras, que podem dar o hexacampeonato do torneio para o clube gaúcho. Nesta sexta-feira (19), o presidente gremista, Romildo Bolzan Júnior concedeu entrevista para a TV oficial do clube onde demonstrou todo seu otimismo a respeito dos duelos dos dias 28 de fevereiro e 7 de março.
O Grêmio ainda tem dois jogos pelo Campeonato Brasileiro antes da primeira partida da decisão da Copa do Brasil. No entanto, todos os olhos, corações e mentes tricolores estão voltados para os confrontos contra o Palmeiras, que podem dar o hexacampeonato do torneio para o clube gaúcho. Nesta sexta-feira (19), o presidente gremista, Romildo Bolzan Júnior concedeu entrevista para a TV oficial do clube onde demonstrou todo seu otimismo a respeito dos duelos dos dias 28 de fevereiro e 7 de março.
“O que peço ao torcedor é uma situação de “vamos nos unir”. E tenho certeza absoluta que vamos ganhar a Copa do Brasil, alimento essa certeza. Vejo o ambiente do futebol, dos jogadores, comissão. Quem pensa que os jogos que jogamos no Brasileiro serão iguais na Copa do Brasil, será diferente”, disse o mandatário tricolor.
Durante a entrevista, que contou com perguntas enviadas por torcedores, Romildo admitiu sua frustração com a campanha do time no Brasileirão – atualmente, o Grêmio é o sétimo colocado no campeonato. O presidente afirmou que era preciso fazer um mea-culpa pela equipe não ter feito o campeonato esperado.
“Estou constrangido com a campanha no Brasileirão. O Grêmio continua sendo um clube cumpridor dos seus compromissos. Isso para mim é fundamental. (...) Estamos em uma situação não tão agradável no Brasileirão, mas são circunstâncias, pois há elencos que se fecham e se encaixam. O Grêmio tem altos e baixos, mas isso não é questão de preço, é uma questão técnica. Lamentavelmente o Grêmio não teve uma resposta técnica adequada”, afirmou.
O presidente tricolor também falou sobre o tão criticado preparo físico do time. Nesta semana, inclusive, informações deram conta de que o clube estaria negociando o retorno do preparador Fábio Mahseredjian, que já atuou no clube em 2014 e hoje trabalha junto com Tite na Seleção Brasileira. "Quando o time está desarrumado, não está encaixado, corre errado e perde um pouco a confiança, as vezes passa essa impressão. Eu também tenho essa impressão de que o time não tem o desempenho físico adequado", disse.
Comentários CORRIGIR TEXTO