Porto Alegre, segunda-feira, 08 de fevereiro de 2021.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
segunda-feira, 08 de fevereiro de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Campeonato Brasileiro

- Publicada em 21h54min, 08/02/2021.

Grêmio goleia o rebaixado Botafogo e volta a vencer no Brasileiro

Em noite inspirada, Jean Pyerre deu assistência e marcou um gol de falta

Em noite inspirada, Jean Pyerre deu assistência e marcou um gol de falta


LUCAS UEBEL/GRÊMIO FBPA/JC
Deivison Ávila
O Grêmio finalmente pôs fim ao jejum de sete jogos sem vitória. Nesta segunda-feira (8), diante do rebaixado Botafogo, o Tricolor não tomou conhecimento com o mau momento da equipe carioca e aplicou uma goleada de 5 a 2. O resultado colocou a equipe de Renato Portaluppi na sexta colocação, com 56 pontos, ficando a dois pontos do G-4. O próximo adversário gremista será o São Paulo, no domingo, às 20h30min.
O Grêmio finalmente pôs fim ao jejum de sete jogos sem vitória. Nesta segunda-feira (8), diante do rebaixado Botafogo, o Tricolor não tomou conhecimento com o mau momento da equipe carioca e aplicou uma goleada de 5 a 2. O resultado colocou a equipe de Renato Portaluppi na sexta colocação, com 56 pontos, ficando a dois pontos do G-4. O próximo adversário gremista será o São Paulo, no domingo, às 20h30min.
Os visitantes iniciaram a partida um pouco nervosos. Nos primeiros cinco minutos, a partir de erros gremistas, o Botafogo criou três chances para abrir o marcador. Mas como o momento é péssimo, na primeira subida tricolor ao ataque, o time carioca sofreu o revés. Aos seis minutos, Jean Pyerre lançou Alisson no meio da defesa botafoguense. A atacante ficou cara a cara com o goleiro e tocou na saída de Diego Loureiro.
O gol trouxe também o abatimento a um time rebaixado com quatro rodadas de antecedência. Os cariocas até tentaram se remobilizar, mas, aos 16 minutos, Jean Pyerre bateu falta frontal com perfeição e acertou o canto esquerdo, ampliando a vantagem.
Na sequência, Jean Pyerre e Alisson, em duas cabeçadas, quase marcaram. Uma das principais causas para o crescimento coletivo do Grêmio em campo se deve à presença de Maicon. O volante não iniciava uma partida como titular há mais de dois meses.
A segunda etapa seguiu o mesmo roteiro. Um Botafogo esforçado lutando contra suas limitações diante de um Grêmio tranquilo e dono das ações. Aos seis minutos, Alisson cruzou, Diego Loureiro afastou e a bola sobrou para Pepê. O atacante vendido ao Porto furou em bola, mas acabou sendo atingido por Romildo dentro da área. Após consulta ao VAR, pênalti marcado. Churín cobrou e fez o terceiro.
Quatro minutos depois, Rafael Navarro foi lançado, ganhou na corrida de David Braz e tocou na saída de Paulo Victor, descontando para o Fogão. A partir de então, jogo ficou aberto, com as duas equipes finalizando a gol à vontade.
E com mais qualidade, o Grêmio seguiu marcando. Aos 28, Isaque tabelou com Pepê e rolou para Matheus Henrique dominar e chutar forte para, marcando o quarto. Aos 32, Matheus Henrique de novo: o volante gremista recebeu passe de letra de Isaque e chutou para marcar o segundo dele, quinto do Tricolor.
O Botafogo ainda conseguiu fazer mais um. Aos 36, Kevin cruzou na área, Paulo Miranda escorregou, e Matheus Babi cabeceou para o fundo das redes, dando números finais ao confronto de sete gols no Engenhão.

Escalação

Botafogo: Diego Loureiro; Kevin, Kanu, David Sousa e Hugo (Marcelo Benevenuto); José Welison (Kayque), Caio Alexandre, Romildo (Matheus Babi) e Cesinha (Warley); Rafael Navarro (Lecaros) e Matheus Nascimento. Técnico: Lúcio Flávio (interino).
Grêmio: Paulo Victor; Vanderson (Ferreira), Rodrigues, Paulo Miranda e Cortez; Matheus Henrique (Thaciano), Maicon (Lucas Silva), Alisson (Rodrigues), Jean Pyerre e Pepê; Churín (Isaque). Técnico: Renato Portaluppi.
Árbitro: Rodrigo Dalonso Ferreira (SC).
Comentários CORRIGIR TEXTO