Porto Alegre, quarta-feira, 20 de janeiro de 2021.
Dia de São Sebastião (feriado na cidade do Rio de Janeiro).

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quarta-feira, 20 de janeiro de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Campeonato Brasileiro

- Publicada em 21h25min, 20/01/2021.

Grêmio fica no 1 a 1 com o Atlético-MG e chega ao 15º empate no Brasileirão

Tricolor de Diego Souza não conseguiu repetir as boas atuações em casa

Tricolor de Diego Souza não conseguiu repetir as boas atuações em casa


LUCAS UEBEL/GRÊMIO/FBPA/JC
Deivison Ávila
E o Grêmio chegou ao 15º empate no Campeonato Brasileiro. Nesta quarta-feira (20), o time de Renato Portaluppi recebeu o Atlético-MG, terceiro colocado, e ficou no 1 a 1, na Arena. Foi uma atuação péssima do Tricolor, salva por Ferreirinha, que entrou nos minutos finais e ascendeu a equipe. O resultado deixa o Grêmio na 6ª colocação, com 51 pontos.
E o Grêmio chegou ao 15º empate no Campeonato Brasileiro. Nesta quarta-feira (20), o time de Renato Portaluppi recebeu o Atlético-MG, terceiro colocado, e ficou no 1 a 1, na Arena. Foi uma atuação péssima do Tricolor, salva por Ferreirinha, que entrou nos minutos finais e ascendeu a equipe. O resultado deixa o Grêmio na 6ª colocação, com 51 pontos.
O primeiro tempo gremista foi sofrível. Aliás, a primeira parte do confronto não foi nada empolgante. Sem Matheus Henrique, de fora por uma pancada na panturrilha, Portaluppi optou por Thaciano ao lado de Lucas Silva. Sem criatividade, os donos da casa nada criaram.
A primeira chance de gol foi do Galo, depois de um erro de Kannemann. O zagueiro argentino tocou mal, Eduardo Vargas ficou com a bola e acionou Savarino. O argentino chutou colocado, com perigo, assustando o goleiro Vanderlei. O Grêmio tentava jogadas pelas laterais com cruzamentos na área, todos sem sucesso.
Aos 31, o Atlético abriu o marcador. Após uma boa jogada individual de Keno, ele foi avançando e tocou para Vargas que, de calcanhar, deixou para Guilherme Arana. Quando o lateral-esquerdo ia dominar a bola acabou derrubado na área por Thaciano. Na cobrança de pênalti, Hyoran bateu no canto, sem chances para o goleiro gremista.
O Grêmio voltou igual para o segundo tempo e seguiu apresentando a mesma improdutividade. Aos dez minutos, Keno passou como quis pela marcação e cruzou para a área, Guga não alcançou, mas Vargas chegou batendo forte, forçando Vanderlei a fazer uma boa defesa.
Após o lance, Portaluppi mandou Maicon e Pinares a campo, sacando Lucas Silva e Thaciano. O Tricolor seguiu sem produção e sem chutar a gol, assim como na etapa inicial. As últimas apostas de Renato para tentar algo novo foram as entradas de Ferreira e Luiz Fernando.
E, aos 39, uma das alterações deu resultado. Ferreirinha cruzou na área, Diego Souza foi desarmado por Junior Alonso e a bola sobrou para Éverton, que chutou forte no canto para deixar tudo igual na Arena. Já nos acréscimos, Ferreirinha quase marcou o gol da virada, mas Éverson salvou o Galo. Foi o 15º empate gremista e a 16ª partida sem perder no Brasileirão.
Grêmio 1
Vanderlei; Victor Ferraz (Éverton), Rodrigues, Kannemann e Diogo Barbosa; Lucas Silva (Maicon), Thaciano (Pinares), Alisson (Ferreira), Jean Pyerre e Pepê (Luiz Fernando); Diego Souza. Técnico: Renato Portaluppi.
Atlético-MG 1
Éverson; Igor Rabello, Réver (Gabriel) e Junior Alonso; Guga, Allan, Hyoran (Borrero) e Guilherme Arana; Savarino, Eduardo Vargas (Sasha) e Keno (Marrony). Técnico: Jorge Sampaoli.
Árbitro: Raphael Claus (FIFA/SP).
Comentários CORRIGIR TEXTO