Porto Alegre, quinta-feira, 07 de janeiro de 2021.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quinta-feira, 07 de janeiro de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Campeonato Brasileiro

- Publicada em 21h09min, 07/01/2021.

Inter vence o Ceará por 2 a 0, volta ao G-4, e fica a seis pontos do líder

Caio Vidal, queridinho de Abel Braga, marcou o primeiro gol na vitória colorada em Fortaleza

Caio Vidal, queridinho de Abel Braga, marcou o primeiro gol na vitória colorada em Fortaleza


RICARDO DUARTE/INTER/JC
Deivison Ávila
A missão era vencer o Ceará pela primeira vez na Arena Castelão. E, na primeira partida da gestão do presidente Alessandro Barcellos, o Inter quebrou o tabu e derrotou os cearenses por 2 a 0, nesta quinta-feira (7). O triunfo conquistado na 28ª rodada do Campeonato Brasileiro coloca o Colorado na vice-liderança. Além disso, deixa o time de Abel Braga a seis pontos do líder São Paulo.
A missão era vencer o Ceará pela primeira vez na Arena Castelão. E, na primeira partida da gestão do presidente Alessandro Barcellos, o Inter quebrou o tabu e derrotou os cearenses por 2 a 0, nesta quinta-feira (7). O triunfo conquistado na 28ª rodada do Campeonato Brasileiro coloca o Colorado na vice-liderança. Além disso, deixa o time de Abel Braga a seis pontos do líder São Paulo.
Como já era esperado, o confronto com os cearenses começou encrespado. No segundo minutos de bola rolando, o atacante Cléber tocou para Vina finalizar forte, mas Cuesta, atento, salvou de cabeça em cima da linha. Os donos da casa quase marcaram aos 14 minutos: Lomba se atrapalhou ao sair jogando, Cléber roubou a bola e rolou para Charles. O ex-volante colorado chutou, mas o goleiro do Inter se recuperou e salvou o time.
Mesmo com a bola nos pés, o Inter pecou bastante no último passe e não levou perigo ao gol de Richard. Enquanto isso, o Vozão seguiu ameaçando nas investidas ao ataque. Aos 40, Léo Chú cruzou rasteiro na pequena área. Quando Sobral se preparava para marcar, Moisés tomou a frente e jogou para a linha de fundo.
O Ceará voltou bem parecido para o segundo tempo, marcando em cima e não dando espaços. Só que o Colorado também mudou sua postura: subindo as linhas e não deixando os nordestinos jogarem. E, se na etapa inicial, os visitantes não conseguiram encaixar um contra-ataque, aos 14 minutos, o Inter conseguiu e ainda balançou as redes. Edenilson avançou pela direita e acionou Caio Vidal. O jovem queridinho de Abel Braga apareceu em velocidade e se esticou para finalizar. A bola ainda desviou na defesa antes de morrer no fundo do gol.
Atrás do marcador, o Ceará se abriu mais em busca do gol de empate. Com isso, o Inter ganhou espaços. E, em mais um contra-ataque, o Colorado chegou ao segundo gol. Aos 31 minutos, Yuri Alberto recebeu de Abel Hernández na intermediária e avançou sozinho. Na saída de Richard, o goleador da era Abel tocou por cima do goleiro e correu para comemorar e dar números finais à partida. São cinco gols do centroavante em oito jogos comandados por Abelão.
O Inter volta a campo no próximo domingo. Na primeira partida de Barcellos no comando clube no Beira-Rio, o Colorado recebe o Goiás, às 18h15min.
FICHA TÉCNICA
Ceará 0
Richard; Samuel Xavier, Tiago Pagnussat, Luiz Otávio e Bruno Pacheco; Fabinho (Wescley), Charles (Lima), Fernando Sobral (Pedro Naressi), Vina e Léo Chu; Cléber (Saulo Mineiro). Técnico: Guto Ferreira.
Inter 2
Marcelo Lomba (Daniel); Rodinei, Rodrigo Moledo, Cuesta e Moisés; Rodrigo Dourado, Caio Vidal (Abel Hernández), Edenilson, Praxedes (Lindoso) e Patrick; Yuri Alberto (Leandro Fernández). Técnico: Abel Braga.
Árbitro: Felipe Fernandes de Lima (MG).
Comentários CORRIGIR TEXTO